GIF Patrocinador

GIF Patrocinador

domingo, 9 de julho de 2017

SPORT - CONFIANÇA TOTAL

Arnaldo Barros se pronuncia sobre ausência de Diego Souza e diz que confia no atleta

Arnaldo Barros revelou que está negociando com Diego Souza uma extensão de contrato até 2019

Presidente confia na informação de que camisa 87 foi resolver problemas pessoais no Rio de Janeiro e confirma negociação para extensão do contrato


O presidente do Sport, Arnaldo Barros, enfim se pronunciou sobre a ausência de Diego Souza no treino da manhã deste sábado e na delegação rubro-negra que viajou para Curitiba. Em entrevista ao repórter João Victor Amorim, da Rádio Jornal, o dirigente revelou que o Sport, a priori, descarta que a ausência do atleta esteja ligada com o processo de negociação por sua permanência ou interesse de outro clube.

"Hoje pela manhã Diego não apareceu no treino. Ficamos apreensivos, mas logo em seguida o seu empresário (Eduardo Uram) teve o cuidado de ligar para a gente para dissociar essa ausência de qualquer especulação. Ele disse que Diego teve problemas pessoas que o fizeram ir durante a madrugada para o Rio de Janeiro", destacou Barros. "Não temos motivo para duvidar da palavra de Diego, externada pela palavra do empresário. Ele sempre falou a verdade. Não podemos especular, fazer ilações ou suposições. Até hoje ele não deu motivos para tanto", acrescentou.

Barros registrou também que não houve nenhuma conversa com outro clube interessado em Diego e vinculou a sua saída ao pagamento da multa rescisória, que classificou como "impagável". "Não tratamos com nenhuma clube, nem especificamente com o Palmeiras. Não interessa essa negociação. Se o Palmeiras quiser tirar Diego do Sport, é só pagar multa", disse.

O dirigente destacou ainda que a permanência do atleta depende também da sua vontade de permanecer no clube. "Diego joga no Sport enquanto estiver satisfeito. No dia que disser que não quer ficar, não vamos querer que ele fique no elenco, porque não queremos ninguém insatisfeito aqui. O Sport é maior que tudo, jogador, dirigente, torcida."

EXTENSÃO
Sobre a situação contratual do atleta, Barros admitiu que o clube abriu negociação com o empresário do atleta buscando a extensão do atual vínculo, que encerra em dezembro de 2018. "O que temos de concreto é que abrimos negociação com o empresário de Diego na sexta, visando à extensão do contrato de dezembro de 2018 para dezembro de 2019", disse. Entretanto, deixou claro que não há pressa do Sport para concluir as tratativas.

"Resolvemos antecipar essa negociação, que poderia ser feita até dezembro de 2018. Antecipamos como forma de reconhecimento e para afastar definitivamente todas as especulações em torno do nome de Diego. A negociação está transcorrendo normalmente, mas não foi concluída e nós não estamos com essa pressa toda, porque temos até dezembro de 2018. Até lá, Diego é contratado do clube."

CORITIBA

Arnaldo Barros preferiu não falar sobre a possibilidade de Diego Souza estar presente ainda na partida contra o Coritiba, segunda-feira. Ele deixou a cargo da comissão técnica. Revelou também que, se a falta ao treino tiver uma justificativa diferente que o problema familiar citado, pode haver alguma medida. "Se ele vai jogar, isso é uma decisão da comissão técnica. Não tomamos conhecimento por completo do que aconteceu. Foi dito apenas que foi de ordem pessoal. Vamos aguardar a manifestação dele para que volte às atividades normais", afirmou o presidente.


Diario de Pernambuco

Nenhum comentário:

Postar um comentário