GIF Patrocinador

GIF Patrocinador

quinta-feira, 17 de agosto de 2017

TRANSAÇÕES SUSPEITAS

SENADOR QUER SABER PORQUE É DIFÍCIL ABRIR A CAIXA PRETA DO BNDES
O PRESIDENTE DO BNDES, PAULO RABELLO DE CASTRO ASSEGUROU SER A FAVOR DA MAIS COMPLETA TRANSPARÊNCIA FOTO: FABIO MOTTA/AE

PT É CONTRA ABRIR SIGILO DO BANCO QUE FEZ A ALEGRIA DA JBS

O presidente do Senado, Eunício Oliveira (PMDB-CE), prometeu esta manhã (17) colocar na pauta de plenário da próxima terça-feira (22) requerimento de urgência para abrir a discussão e a votação do projeto que põe fim ao sigilo dos empréstimos do BNDES. O PLS 7/2016, do senador Lasier Martins (PSD-RS), prevê retirada de segredos sobre as operações do banco de fomento e vem encontrando resistência da bancada do PT. A aprovação do requerimento só não ocorreu hoje por absoluta falta de quórum.
Lasier se encontrou mais cedo com o presidente do BNDES, Paulo Rabello de Castro, que assegurou a ele ser a favor da mais completa transparência nos negócios durante sua gestão. “É preciso abrir a caixa preta da instituição, que firmou inúmeras transações suspeitas no exterior com as empreiteiras Odebrecht, OAS e Andrade Gutierrez, entre outras. Elas receberam recursos subsidiados do bolso do trabalhador para investir em obras de infraestrutura, no momento em que o Brasil tanto carecia delas”, disse.
Na tribuna, o senador listou vários casos, como o do Porto de Mariel, em Cuba, que recebeu US$ 682 milhões do BNDES, e o metrô do Panamá, com US$ 1 bilhão. 

Nenhum comentário:

Postar um comentário