GIF Patrocinador

GIF Patrocinador

terça-feira, 20 de março de 2018

NÁUTICO - DUPLA DE ATAQUE

Roberto Fernandes segue em busca do melhor encaixe da dupla entre Wallace e Ortigoza

No domingo, contra o Afogados, Ortigoza foi testado em um novo posicionamento com Wallace


No segundo tempo contra o Afogados, treinador testou Wallace Pernambucano de volta como centroavante, com Ortigoza aberto no ataque


Na partida do último domingo, diante do Afogados, o treinador alvirrubro voltou a testar uma alternativa diferente no posicionamento dos dois. Após começar a partida como meia, Wallace acabou sendo avançado para atuar como centroavante no segundo tempo, após a entrada de Júnior Timbó na armação, deslocando assim Ortigoza para atuar de forma mais aberto. Assim, o Timbu conseguiu pressionar e marcar o gol da vitória, com Timbó cobrando pênalti sofrido por Wallace. Boa atuação que pode colocar uma luz na dúvida do treinador.

Se por um lado a melhor forma de jogar do Náutico está bem definida na temporada, com a equipe fechada na defesa e com transição rápida para o ataque, por outro ainda falta ao técnico Roberto Fernandes encontrar um melhor encaixe de duas peças importantes da sua equipe. No caso, o meia Wallace Pernambucano e o atacante Ortigoza, que chegaram a quinta partida consecutiva atuando junto. 

"Wallace se tornou artilheiro da equipe (sete gols) jogando de nove (como centroavante). Com a chegada do Ortigoza ele voltou a jogar, ora como meia, ora com atacante por dentro. E ele não estava rendendo bem (no primeiro tempo contra o Afogados). Então eu fiz uma alternativa colocando ele mais centralizado para ver a resposta. A entrada do Timbó também ajudou muito na construção pelo corredor central, com a opção do Robinho pela beirada do campo. Então o objetivo foi realmente tentar testar", explicou Fernandes.

Essa alternativa, no entanto, não deve ser utilizada no jogo da próxima quinta-feira, diante do Botafogo-PB, pela Copa do Nordeste. Isso porque o treinador já adiantou que deve poupar alguns jogadores visando a semifinal em jogo único no próximo domingo, diante do Salgueiro, na Arena de Pernambuco. Porém, ao mesmo tempo, Roberto Fernandes  fez questão de enfatizar que nenhum jogador tem vaga assegurada na equipe titular.

"Ninguém tem cadeira cativa no Náutico. Nem Wallace, nem Wendel, nem Ortigoza. Todo mundo sabe que é produção. Eu falo uma frase em quase todas as reapresentações nossas. É uma frase interna, que agora vou externar. Resultado é da torcida, da imprensa e da diretoria. Aqui dentro é desempenho", finalizou.


Diario de Pernambuco

Nenhum comentário:

Postar um comentário