GIF Patrocinador

GIF Patrocinador

segunda-feira, 11 de fevereiro de 2019

PERNAMBUCANO 2019

Sem dificuldade e poupando titulares, Sport vence Petrolina e reassume ponta do PE2019

Guilherme abriu o caminho para a vitória do Sport logo aos nove minutos do primeiro tempo


Com gols de Guilherme, Elton e João Igor, Leão vence a quarta seguida


Mais uma vez sem precisar se esforçar muito, o Sport venceu o Petrolina por 3 a 0 neste domingo, na Ilha do Retiro, e voltou a assumir de forma provisória a liderança do Campeonato Pernambucano. Com cinco partidas já disputadas, o Leão soma 12 pontos, dois a mais que o Santa Cruz que tem um jogo a menos. 

A partida também serviu para o técnico Milton Cruz observar vários jogadores, já que boa parte dos atletas principais do elenco foram poupados visando o compromisso da próxima quarta-feira, contra a Tombense, no interior de Minas Gerais, pela Copa do Brasil. Partida que vale uma premiação de R$ 625 mil, com os pernambucanos jogando pelo empate. Pelo Estadual, o Sport volta a campo domingo, para o clássico contra o Santa Cruz, no Arruda.

O jogo

Tendo em vista o importante compromisso da Copa do Brasil, o técnico Milton Cruz resolveu dar oportunidade para alguns jogadores, como o zagueiro Rafael Thyere e o volante Kaio, que fizeram suas estreias, bem como o volante João Igor e os meias Alison Farias, Juninho e Elton. Porém, faltou ao Sport um adversário que oferecesse maior resistência para uma melhor avaliação das novidades rubro-negras.

Com enormes limitações técnicas, o Petrolina não ameaçou uma vez sequer a meta de Magrão em todo o primeiro tempo. E com o Sport adotando uma marcação alta, forçando os erros de passe da equipe sertaneja, os 45 minutos iniciais foram de absoluto domínio dos donos da casa. Foi dessa forma, por sinal, que o Leão abriu o placar logo aos nove minutos.

Após Alan Reuber errar a saída de bola, Alisson Farias tabelou com Juninho e cruzou rasteiro para o meio a área para Guilherme mandar uma bomba indefensável e marcar o primeiro gol rubro-negro. A partir daí, com o jogo completamente sobre seu domínio, apareceu a única falha do Sport. A falta de um ímpeto maior para consolidar a vitória logo no primeiro tempo.

Utilizando principalmente o lado direito do ataque, com Alisson Farias, o Sport até criou chances de ampliar, desperdiçadas por Elton, Kaio e João Igor. Mas mediante o abismo técnico entre os dois times, faltou ao Leão mais “fome” para transportar para o placar a superioridade em campo. Muitas vezes, os leoninos diminuíram o ritmo da partida. Mesmo com quase 70% de posse de bola.

Segundo tempo

No retorno para a etapa final, o técnico Milton Cruz não promoveu nenhuma alteração na equipe. Assim, também não houve mudança no ritmo da partida, com o Sport dominando, mas sem acelerar em busca do segundo gol. O que serviu para encorajar o Petrolina, que com dez minutos enfim assustou Magrão em duas finalizações. Ambas para fora.

Assim, aos 12 minutos, o técnico Milton Cruz colocou em campo dois dos seus principais jogadores, o volante Charles e o atacante Ezequiel, nas vagas de Kaio e Guilherme, respectivamente. A essa altura, por incrível que pareça, o Petrolina já era melhor na partida

Porém, quando resolveu acelerar o jogo, o Sport por pouco não amplia. Em dois lances seguidos, o goleiro Pezão fez excelentes defesas após finalizações de Juninho e Elton, aos 20 minutos. Seis minutos depois, o árbitro Gleydson Leite marcou pênalti após o zagueiro Jefferson Petrolina salvar um chute quase em cima da área. Mesmo com o braço colado ao corpo. Na cobrança, Elton mandou uma bomba no meio do gol sem chance para Pezão.

Três minutos depois, com o Petrolina ainda atordoado, João Igor marcou o terceiro aparecendo como homem surpresa na área. Quarta vitória seguida e liderança para o Leão.

Ficha do jogo

Sport 3
Magrão; Raul Prata, Rafael Thyere, Adryelson e Guilherme Lazaroni; Kaio (Charles), João Igor e Alisson Farias (Pedro Maranhão); Juninho, Elton e Guilherme (Ezequiel). Técnico: Milton Cruz

Petrolina 0
Pezão; Magno, Jefferson Petrolina, Danilo Cirqueira e Bibi (Genilson); Jefferson Pimpim, Marcelo, Fernandinho (Jhonatan Rei) e Allan Reuber; Williams (Genildo) e Jean Carlos. Técnico: Lima.

Local: Ilha do Retiro
Árbitro: Gleydson Leite
Assistentes: Ricardo Chianca e Gilberto Freire.
Gols: Guilherme, aos 9 min do 1º, Elton, aos 27 min do 2º e João Igor, aos 30 min do 2º
Cartões amarelos: Genilson (P)
Expulsão: Jefferson Petrolina (P)
Público: 4.365
Renda: R$ 51.725


Diario de Pernambuco

Nenhum comentário:

Postar um comentário