GIF Patrocinador

GIF Patrocinador

domingo, 17 de março de 2019

SANTA CRUZ -

Guilherme Queiroz não vê Santa Cruz 'em baixa' para clássico contra Náutico

Guilherme Queiroz atribuiu queda de rendimento do Santa à maratona de jogos do time (Foto: Jota Santana/Santa Cruz)


Atacante, escolhido para ser o substituto de Pipico, acredita em fprça máxima do tricolor para duelo contra o Timbu, domingo, nos Afltios


Mesmo apresentando oscilações nas últimas partidas e com queda de rendimento brusco, o Santa Cruz não terá muito tempo para se lamentar. Isso porque, já neste domingo vai encarar pela frente um clássico pela última rodada do Campeonato Pernambucano, contra o Náutico - que vem de uma invencibilidade de 12 jogos - nos Aflitos. Porém, mesmo sabendo do bom momento atravessado pelo Alvirrubro, a instabilidade não vai afetar a equipe. Palavras do centroavante Guilherme Queiroz, na coletiva desta sexta-feira. 

Para a partida contra o Timbu, o atual substituto de Pipico - que precisará cumprir mais dois jogos de suspensão no Estadual por decisão do TJD - afirmou que a equipe coral vai a campo para buscar os três pontos. E, além disso, valorizou o combustível dado ao grupo após a vitória por 1 a 0 contra o Central. A partir dela, em caso de triunfo diante do Alvirrubro e vitória da Patativa contra o Sport por uma margem menor de gols, o Santa Cruz termina o Pernambucano como líder. Assim garantindo o mando de campo nas fases seguintes. 

"Cláasico é um ponto a mais para nós jogadores. Inclusive porque estaremos jogando contra um time grande, que é o Náutico. Eu acho que a gente vem com forca máxima, porque a gente vem trabalhando forte. Mas, temos também que valorizar os três pontos contra o Central que nos deram possibilidade de brigar pela liderança", pontuou. 

Pelas críticas sobre a queda na atuação da equipe - perdeu dois jogos no Estadual, contra Vitória e Salgueiro e, mesmo vencendo o Central, apresentou um futebol abaixo do esperado e foi vaiado pelos tricolores -  Guilherme Queiroz esclareceu que o Santa Cruz vem de uma rotina pesada de jogos e completou afirmando que "tem jogos que a gente não vai conseguir fazer um milagre". 

"Nossa equipe vem fazendo uma família e isso é o que está sobressaindo. Em jogos importantes feito classico a gente espera poder dar um pouco mais, pra contibuirmos na nossa crescente. A gente disputa três competiçoes, na Copa do Brasil a gente está classificado, na Copa do Nordeste a gente tá bem. A gente tem que valorizar isso", ressaltou.


Diario de Pernambuco

Nenhum comentário:

Postar um comentário