GIF Patrocinador

GIF Patrocinador

quarta-feira, 24 de abril de 2019

SANTA CRUZ - FORA DO JOGO

Danny Morais é ausência em mais um treino e não tem prazo para retornar no Santa Cruz

Zagueiro deve parar por até 40 dias devido a lesão sofrida (Foto: Jota Santana/Santa Cruz)


Zagueiro sofre da mesma lesão que já o havia tirado de campo por dez jogos


O treinamento do Santa Cruz contou mais uma vez com os desfalques de Danny Morais e de Bruno Ré. A movimentação desta terça-feira, no Arruda, foi fechada, mas o vice-presidente médico do clube, Antônio Mário, explicou a situação dos atletas em coletiva de imprensa para os jornalistas. Os jogadores são desfalques certos para confronto contra o Fluminense, nesta quinta-feira, no Arruda, pelo jogo de volta da Copa do Brasil - o Tricolor perdeu a partida de ida por 2 a 0.

O médico explicou os dois casos. O zagueiro tem uma lesão de grau 3 (a mais grave) no quadríceps da coxa direita durante a partida contra o CRB, pela Copa do Nordeste - onde  seguiu atuando no sacrifício - e não atua desde então. Antes deste jogo contra os alagoanos, já havia ficado dez partidas ausentes por essa mesma lesão. Desta forma, a contusão é reincidente. O defensor ainda não tem prazo para retornar aos gramados - mas a estimativa geral para esse tipo de lesão é de um mês a um mês e meio, de acordo com Antônio Mário. Ele já está fora há 17 dias. Danny Morais é titular absoluto e capitão da equipe. Na temporada, atuou 11 vezes. 

"Danny Morais teve uma lesão muscular na coxa direita, foi tratado e retornou no jogo contra o CRB. Foi um jogo atípico, onde nós perdemos um atleta (Marcos Martins, expulso). E, neste jogo, sentiu a lesão. Mas por se tratar de um atleta que todos nós sabemos da personalidade e do seu empenho, não quis sair e completou o jogo. Mas, em condições normais, talvez nós tivéssemos tirado ele, mas não tivemos essa opção devido a história do jogo. Ele foi para o sacrifício, teve essa consciência, o profissionalismo. Com o nosso aval. Mas a consequência viria depois", disse. "O músculo atingido por Danny é o quadríceps, mais especificamente o reto anterior. Que é aquele do chute, do arranque, do salto, da movimentação. É o músculo que o atleta precisa, principalmente no porte de Danny", completou. 

Quem também está entregue ao departamento médico é o lateral esquerdo Bruno Ré. O jogador também sofre de uma lesão muscular, mas na coxa esquerda - entretanto, o caso preocupa menos que o de Danny Morais e já nos próximos dias deverá retornar ao trabalho de campo. O atleta já disputou 16 partidas em 2019 pelo Santa Cruz, mas perdeu a posição nos últimos jogos para o recém-contratado Carlos Renato. Seu último jogo foi na partida de volta contra o ABC, pela Copa do Brasil, acionado no segundo tempo.

"Bruno está praticamente saindo (do departamento médico). Acho que esta semana nós entregamos ele à transição", falou. 

O médico, ainda, disse enxergar como positivo o saldo de atletas lesionados tendo em vista a grande maratona de jogos no ano.
"Quero realçar o início de temporada que nós tivemos, com pouco tempo de recuperar esses jogadores. Então era questão de tempo nós termos uma lesão aqui e outra acolá. E acho que nós passamos até de forma, na minha opinião, positiva com tantos jogos", completou.


Diario de Pernambuco

Nenhum comentário:

Postar um comentário