GIF Patrocinador

GIF Patrocinador

domingo, 19 de maio de 2019

CAMPEONATO BRASILEIRO

Náutico tem atuação cirúrgica, supera pressão do Treze e vence a segunda na Série C

De volta a equipe titular, Matheus Carvalho marcou o gol da vitória do Timbu (Foto: Léo Lemos/CNC)


Após o gol de Matheus Carvalho, aos 19 da primeira etapa, o Timbu jogou atrás da linha da bola e voltou com o resultado positivo de Campina Grande


O jogo entre Treze e Náutico foi muito truncado. Após os 20 minutos iniciais, quando o Timbu abriu o placar, com Matheus Carvalho, o que se viu foi uma partida muito fechada e com poucas chances, especialmente no primeiro tempo. Preciso na defesa e tímido nos contra-ataques, o time pernambucano conseguiu sua segunda vitória na Série C por 1 a 0 e afundou o Treze, que pressionou em grande parte do jogo, no Z-4.

Foi a segunda partida do técnico Gilmar Dal Pozzo, que venceu com a estratégia de se defender com tranquilidade. O próximo compromisso no Náutico pela 5ª rodada da Série C é contra o Confiança, na capital sergipana, às 17h15.

O jogo

Treze-PB e Náutico iniciaram a partida em altíssima velocidade. Tanto que em um minuto de partida, os dois times já haviam criado ao menos uma chance de chegar ao primeiro gol. Dono da casa, o Galo da Borborema tentava sufocar a posse de bola dos pernambucanos, que, por sua vez, investiam em contragolpes rápidos pela direita.
 Após os 15 minutos, os ânimos arrefeceram um pouco. O Náutico passou a se dedicar mais na marcação, especialmente, na linha ofensiva do Treze, que tentava chegar ao ataque mais sem perigo. Aos 19, em uma roubada de bola no meio-campo, o volante Luiz Henrique iniciou triangulação pela direita com o Thiago, que devolveu ao camisa 8 que cruzou rasteiro para Matheus Carvalho que completou para abrir o placar.
 Depois de sofrer o gol, o Treze se lançou novamente ao ataque. O time paraibano criou várias chances no último terço do primeiro tempo, mas sem sucesso empatar a partida. Duas delas perdidas pelo atacante Eduardo. Aos 39, Vinícius fez cruzamento da direita e o centroavante do Galo furou. Cinco minutos depois, nova chance do camisa 9, após cruzamento. O avançado dominou e chutou fraco para defesa tranquila de Bruno.

Segundo Tempo

A partida recomeçou com o mesmo desenho do final do primeiro tempo. O Treze-PB apertando o Náutico no campo de defesa criando jogadas, especialmente, pelas laterais e nas bolas paradas. Enquanto isso, os pernambucanos administravam o jogo marcando atrás da linha da bola, com apenas Wallace Pernambucano para puxar os contra-ataques. Esta configuração de jogo fez com que acontecessem poucas chances de gol.
 O técnico Flávio Araújo tentou aumentar a velocidade do seu time ao colocar Júlio Pacato e Maxwell Samurai para vencer a compactação defensiva do Timbu. As mudanças não surtiram o efeito que o técnico do Galo pensou. O time paraibano continuou preso na boa marcação do Timbu.
 Coletivamente, a equipe pernambucana investiu em marcar forte e valorizou bastante a posse da bola, buscando atacar o Treze em contra-ataques que passaram a ser puxados por Tarcísio e Danilo Pires, que entraram nos lugares de Odilávio e Matheus Carvalho.
 Com o passar do tempo, os jogadores do Treze-PB começaram a demonstrar nervosismo ao não furar a retranca do Náutico e, especialmente, com a sucessão de quedas dos atletas do Timbu, que administravam o resultado.

Ficha do Jogo

Treze-PB 0
Mauro Iguatu; Edy, Anderson Penna, Ítalo e Silva; Juninho, Copetti e Marcelinho Paraíba (Júlio Pacato); Vinícius, Gil (Maxwell Samurai) e Eduardo (Cesinha). Técnico: Flávio Araújo.
 Náutico 2
Bruno; André Krobel, Camutanga, Suéliton e Josa; Jímenez, Luiz Henrique e Matheus Carvalho (Danilo Pires); Thiago, Odilávio (Tarcísio) e Wallace Pernambucano (Rafael Oliveira). Técnico: Gilmar Dal Pozzo.

Local: Estádio Amigão, em Campina Grande
Árbitro: Douglas Marques das Flores (SP);
Assistentes: Luiz Alberto Andrini Nogueira e Evandro de Melo Lima (SP);
Cartões Amarelos: Vinícius (Treze); Bruno, André Krobel (Náutico)
Gols: Matheus Carvalho aos 19 minutos do 1º tempo (Náutico)

Diario de Pernambuco

Nenhum comentário:

Postar um comentário