GIF Patrocinador

GIF Patrocinador

quinta-feira, 16 de maio de 2019

SANTA CRUZ - CONTRA A DEMISSÃO

Executivo de futebol do Santa Cruz, Sorriso diz ser 'totalmente contra' a saída de Leston

O dirigente coral afirmou que o trabalho que o treinador vem fazendo é "muito bom" (Foto: Peu Ricardo/DP )


Para o diretor tricolor, a equipe vai crescer no momento certo da competição


Alvo de críticas da torcida pelo mau desempenho do Santa Cruz neste início de Série C (o Tricolor é o lanterna do grupo A, com dois pontos em três jogos), Leston Júnior foi defendido, nesta quinta-feira, pelo executivo de futebol Luciano Sorriso. Lembrando a época em que era jogador, o dirigente disse ser contra a demissão do técnico, definindo o seu trabalho no Arruda como "muito bom".

"O Leston está fazendo um trabalho muito bom dentro de um todo. É obvio que a Série C não iniciou muito bem, é obvio que os atletas precisam entrar na competição. Sou totalmente contra a mudança. Quando eu era atleta, eu via que a principal responsabilidade era nossa (dos jogadores). Não isentando o treinador, porque já peguei treinadores que estragavam a equipe, mas não é o caso dele. Ele tem totral controle de todos os atletas", afirmou Sorriso.

O executivo de futebol também avaliou o momento do time. Concordou que a fase exige reação imediata e, mostrando otimismo, recorreu a uma antiga frase de efeito que o ex-técnico coral Zé Teodoro (bicampeão pernambucano em 2011 e 2012) usava quando o time não estava bem: "A gente vai crescer no momento certo da competição", disse. "A gente sabe que o torcedor está apreensivo. A gente está também. Mas estamos dentro das nossas convicções. Na hora em que o torcedor chega junto com o time, o Santa Cruz fica muito forte", completou.

Reforços

Luciano Sorriso também deixou em aberto a possibilidade de o clube ainda trazer reforços para a Série C. "O Santa Cruz é muito grande e nunca está com as portas fechadas. O mercado está cada vez mais se abrindo. Os clubes de Série B e Série A estão fechando os seus planejamentos." 


Diario de Pernambuco

Nenhum comentário:

Postar um comentário