GIF Patrocinador

GIF Patrocinador

quinta-feira, 16 de maio de 2019

SANTA CRUZ - MUITOS JOGADORES

Três times em um: Santa Cruz utilizou 34 jogadores em menos de quatro meses na temporada

Leston Júnior utilizou 34 jogadores na temporada. (Foto: Jota Santana/ Santa Cruz)


Setor com maior rotatividade de atletas foi o ataque, com dez jogadores


O primeiro jogo do Santa Cruz na temporada foi no dia 15 de janeiro. O último, no dia 13 de maio. Nestes quase quatro meses, o técnico Leston Júnior já mandou a campo um pouco mais de três times diferentes. Ao todo, a Cobra Coral já utilizou 34 jogadores em 29 partidas, entre compromissos pelo Campeonato Pernambucano, Copa do Nordeste, Copa do Brasil e a Série C do Campeonato Brasileiro. E essa conta ainda vai crescer, já que o meia Celsinho, recém-contratado, ainda fará a sua estreia.

Laterais
Na direita, o titular absoluto Marcos Martins tem 21 jogos. Logo atrás, Cesinha (17), Augusto Potiguar (4) e Warley (2) se alternaram-se na reserva. Na esquerda, Bruno Ré (18), Carlos Renato (10) e Raphael Soares (4) revezaram-se no decorrer do ano.
Esquema tático e jogadores-baseDesde o início da temporada, o técnico Leston Júnior escala, invariavelmente, a equipe no 4-3-3, com dois volantes, um meia central, dois atacantes abertos e um centroavante. O que ajuda a explicar o setor de ataque como o líder no uso de peças. Além disso, também realça a busca Coral pelo 'camisa 10 ideal', já que é o único setor da equipe - além, claro, do goleiro -, com apenas um jogador desempenhando a função no time titular.

Comparando o primeiro jogo da temporada, contra o Botafogo-PB, pela Copa do Nordeste, com o último, também contra o Botafogo-PB, mas pela Série C - ambos no estádio Almeidão -, constata-se que o time-base não mudou muito. Cinco jogadores foram utilizados nas duas partidas: Marcos Martins, Bruno Ré, Charles, Diego Lorenzi e Augusto. Titulares absolutos da equipe atual, o goleiro Anderson (21J) era reserva de Ricardo Ernesto (9J), o artilheiro Pipico estava lesionado e o zagueiro William Alves ainda não havia sido contratado.
Laterais
Na direita, o titular absoluto Marcos Martins tem 21 jogos. Logo atrás, Cesinha (17), Augusto Potiguar (4) e Warley (2) se alternaram-se na reserva. Na esquerda, Bruno Ré (18), Carlos Renato (10) e Raphael Soares (4) revezaram-se no decorrer do ano.
Esquema tático e jogadores-baseDesde o início da temporada, o técnico Leston Júnior escala, invariavelmente, a equipe no 4-3-3, com dois volantes, um meia central, dois atacantes abertos e um centroavante. O que ajuda a explicar o setor de ataque como o líder no uso de peças. Além disso, também realça a busca Coral pelo 'camisa 10 ideal', já que é o único setor da equipe - além, claro, do goleiro -, com apenas um jogador desempenhando a função no time titular.

Comparando o primeiro jogo da temporada, contra o Botafogo-PB, pela Copa do Nordeste, com o último, também contra o Botafogo-PB, mas pela Série C - ambos no estádio Almeidão -, constata-se que o time-base não mudou muito. Cinco jogadores foram utilizados nas duas partidas: Marcos Martins, Bruno Ré, Charles, Diego Lorenzi e Augusto. Titulares absolutos da equipe atual, o goleiro Anderson (21J) era reserva de Ricardo Ernesto (9J), o artilheiro Pipico estava lesionado e o zagueiro William Alves ainda não havia sido contratado.

Onze ideal?

Caso o treinador Coral considerasse para a equipe titular àqueles mais utilizados no decorrer da temporada até aqui, a escalação seria: Anderson; Marcos Martins, Vitão, João Victor, Bruno Ré; Charles, Diego Lorenzi, Luiz Felipe; Elias, Pipico e Augusto. O time repete oito jogadores do time que enfrentou o Belo no dia 13 deste mês.

Desta forma, comparando os jogadores que mais atuaram em 2019 com as escalações do mais longínquo e recente jogo da temporada, mostra-se que, apesar das variações, o técnico Leston Júnior acaba recorrendo praticamente à mesma base de atletas.

Escalação do primeiro jogo de 2019 (15 de janeiro
Ricardo Ernesto; Marcos Martins, Danny Morais, Vitão, Bruno Ré; Charles, Diego Lorenzi, Luiz Felipe; Elias, Pipico e Augusto. 

Escalação do jogo mais recente de 2019 (13 de maio)

Anderson; Marcos Martins, William Alves, João Victor, Bruno Ré; Charles, Diego Lorenzi, Everton; Misael, Pipico e Augusto.

Escalação com jogadores que mais atuaram em cada posição

Anderson; Marcos Martins, Vitão, João Victor, Bruno Ré; Charles, Diego Lorenzi, Luiz Felipe; Elias, Pipico e Augusto. 
 
RANKING DOS 34 JOGADORES EM 2019
1 - Charles: 25
2 - Diego Lorenzi: 22
2 - Luiz Felipe: 22
4 - Marcos Martins: 21
4 - Elias: 21
4 - Allan Dias: 21
4 - Anderson: 21
8 - Pipico: 20
9 - Bruno Ré: 18
10 - João Victor: 17
10- Augusto: 17
12 - Cesinha: 16
12 - Guilherme Queiroz: 16
14 - Ítalo Henrique: 14
14 - Jô:14
16 - Vitão: 12
17 - Danny Morais: 11
18 - William Alves: 10
18 - Carlos Renato: 10
18 - Neto Costa: 10
21 - William: 9
21 - Ricardo Ernesto: 9
23 - Patrick Vieira: 8
23 - Silas: 8 
25 - Augusto Potiguar: 7
26 - Eduardo: 6
27 - Raphael Soares: 5
28 - Lucas Gonçalves: 4
28 - Dudu: 4
30 - Jeremias: 3
31 - Warley: 2 
32 - Misael: 1
32 - Everton: 1
32 - Hériclis: 1


Diario de Pernambuco

Nenhum comentário:

Postar um comentário