GIF Patrocinador

GIF Patrocinador

terça-feira, 24 de março de 2020

SPORT - PAGAMENTO ADIADO

Presidente da FPF diz que prazo para Sport pagar dívida na FIFA por André foi adiado

Prazo inicial se estendia até o dia 18 de abril (Foto: Ricardo Fernandes/ Esp. DP)


No início do mês, Leão foi notificado por não ter pago R$ 5,5 milhões ao clube português desde 2017, quando adquiriu 70% dos direitos do atacante


Com o futebol suspenso em boa parte do mundo e com os órgãos desportivos paralisados por causa da pandemia do coronavírus, a Fifa determinou, como efeito cascata, o congelamento dos processos que correm na entidade. Desta forma, o Sport, que teria até o dia 18 de abril para quitar R$ 5,5 milhões junto ao Sporting-POR pela venda do atacante do André, teve o prazo adiado por tempo indeterminado. Quem garantiu tudo isso foi o presidente da Federação Pernambucana de Futebol, Evandro Carvalho, em entrevista ao Diario de Pernambuco.

"A CBF e a Fifa, corretamente, deram uma pausa nas obrigações dos prazos. É uma resolução que não é exclusivamente para o Sport. É para o mundo todo, porque de fato todos os prazos foram suspensos e as obrigações foram postergadas”. iniciou.

“Não há como responder a prazos de processos ou ter acesso às informações e juntar documentos para formalizar defesa. Então nada disso está valendo. Está tudo parado, até que se retorne à normalidade”.

Dívida antiga e reconhecida pelo clube desde o ano passado, o processo foi parar na Fifa em janeiro deste ano, quando o Sport foi acionado pelo clube português. Mais recentemente, no dia 4 de março, o clube foi notificado pela entidade com 45 dias para quitar o montante, referente a  aquisição de 70% dos direitos econômicos do jogador, em fevereiro de 2017, por 1,2 milhão de euros - o valor atual acrescido de taxas e juros. Caso não cumpra a determinação, aliás, o Leão fica três temporadas sem poder registrar jogadores - ou seja, um ano e meio, de acordo com a janela de transferência europeia que rege a entidade.

"O Sport, junto com dezenas e centenas de clubes no mundo, tem questões de natureza trabalhista e administratitva junto à Fifa e à CNRD. Então, os clubes têm um prazo para pagar e os prazos foram congelados. É o Sport, Cruzeiro, Vasco, Fluminense, Liverpool... Qualquer clube. Não tem como fazer nada no momento, então é natural”, finalizou o presidente.

O Sport vem tentando chegar a um acerto com o Sporting-POR desde o ano passado, mas, sem dinheiro, segundo o clube, recorreu a acordos. Como, por exemplo, o repasse dos direitos econômicos do zagueiro Adryelson e do atacante Juninho - ambos negado pelo time português. Pesa contra o Leão a chateação dos Sporting-POR, uma vez que se sentem enganados, já que o Sport adquiriu André, utilizou, revendeu mais caro e não repassou nada da aquisição, conforme explicou o vice-presidente jurídico Manoel Veloso em contato com a reportagem há duas semanas.

O que diz o Sport

Diario tentou entrar em contato com o presidente Milton Bivar e novamente com Manoel Veloso neta terça-feira, mas não obteve sucesso. Já o vice-presidente executivo, Carlos Frederico, atendeu à reportagem, explicando que, até o momento, o Sport não havia sido notificado sobre nenhuma das partes sobre um possível adiamento do prazo.

Nenhum comentário:

Postar um comentário