GIF Patrocinador

GIF Patrocinador

segunda-feira, 24 de agosto de 2020

SPORT - CRITICANDO A DEFESA ZAGA

Entre 'pontos positivos' e 'erros infantis', Daniel aprova criação, mas critica defesa do Sport

Em derrota, Daniel Paulista viu Sport melhor que São Paulo (Foto: Paulo Paiva/DP Foto)


Treinador do Sport considerou clube dominante na partida contra o São Paulo, mas reforçou necessidade de corrigir erros no time


Sport entrou na zona de rebaixamento da Série A e, para sair da degola e voltar a vencer, algo que não acontece há quatro jogos, o Leão precisará, na visão do treinador Daniel Paulista, reforçar sua solidez defensiva e melhorar na concretização das jogadas. Ainda assim, o técnico reforçou pontos positivos apresentados pelo clube na derrota por 1 a 0 para o São Paulo, vendo uma equipe dominante, ainda que com “erros infantis”.

"Tem pontos mais positivos que o adversário, é uma equipe que propôs o jogo, até pelas circunstâncias como ocorreu, de se tomar um gol muito cedo. Durante praticamente o jogo todo, pressionou o São Paulo, mas a gente teve mais circulação de bola, a gente teve mais situações ofensivas, mas essas oportunidades que a gente acabou criando, a gente não conseguiu converter”, afirmou Daniel.

Sofrendo o gol da derrota logo aos cinco minutos de jogo, Daniel Paulista também reforçou esse ponto como tendo interferido no jogo leonino. "Nós tínhamos uma estratégia para jogo e estava funcionando até o lance do gol, que o São Paulo teve, mais uma vez, um gol no início do jogo e isso acaba que você, durante a partida, tem que alterar a configuração da partida que estava programada, já que você, em inferioridade do placar, jogando em casa, tem que correr alguns riscos".

“No primeiro tempo foram duas situações apenas, em uma delas a gente falhou muito defensivamente no lance do gol deles e acabou sendo, mais uma vez, prejudicado. Esses erros que a gente vem cometendo, principalmente defensivamente, onde a gente tem que ser mais sólido, a gente tem que ser mais consistente”, disse Daniel, que completou. “Não pode, a cada jogo, a gente ter erros infantis, isso acaba comprometendo a história da partida, já que a equipe consegue produzir, mas está sempre correndo atrás do resultado".

DP

Nenhum comentário:

Postar um comentário