GIF Patrocinador

GIF Patrocinador

quinta-feira, 14 de janeiro de 2021

CORONAVÍRUS

PE: secretário de Saúde revela expectativa para início da vacinação na próxima semana

André Longo disse que o Estado tem condições de começar as aplicações em até 48 horas após receber os imunizantes




Abrigando 4,57% da população brasileira, Pernambuco vive a expectativa de receber, já na próxima semana, em torno de 350 mil a 360 mil doses de vacina contra a Covid-19 para iniciar o processo de imunização de grupos prioritários. 

Isso porque, neste domingo (17), a Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa) se reúne para decidir a autorização do uso emergencial no Brasil da Coronavac, do laboratório chinês Sinovac, com produção nacional do Butantan, e da vacina da Astrazeneca/Oxford, do Reino Unido, com parceria junto à Fiocruz. 

O secretário de Saúde de Pernambuco, André Longo, disse que, em caso de resposta positiva da Anvisa, estima que o Ministério da Saúde inicie o plano logístico de distribuição para os estados na próxima semana. 

Nesta quinta-feira (14), o comitê pernambucano à frente do plano operacional estadual se reúne novamente, na intenção de bater o martelo sobre os detalhes ainda em aberto. 

Longo garantiu que, após chegarem a Pernambuco, as doses devem ser entregues rapidamente aos municípios, seguindo a mesma logística que está sendo aplicada na distribuição das seringas e agulhas, iniciada na terça (12) e com previsão de conclusão até esta sexta (15). 

"Se todas as vacinas que o Ministério diz estarem prontas (oito milhões) puderem ser distribuídas na próxima semana, vamos estar recebendo algo em torno de 350 a 360 mil doses, que é o correspondente a 4,57% de oito milhões de vacinas (seis milhões de Coronav/Butantan e dois milhões de Astrazena/Oxford/Fiocruz). Isso nós temos condições de distribuir rapidamente tão logo chegue. Estabelecemos um teto de quatro dias, mas acreditamos que, entre 24 horas a 48 horas após a chegada dos insumos, teremos condições de estar iniciando a vacinação em nosso Estado." 

 Ainda não se sabe, porém, qual imunizante será destinado a Pernambuco. “A incerteza hoje ainda é qual a vacina virá para o Nordeste. Temos discutido que venha só um dos dois tipos porque cada tipo tem intervalo específico entre a primeira e a segunda dose. O ideal é que cada estado receba um único tipo para facilitar a logística da vacinação”, explicou o secretário, dizendo estar esperançoso para o início da vacinação no País nos próximos dias. 

"A superação da pandemia está cada vez mais próxima, mas será sem menos sofrimento se todos estiverem do mesmo lado. Para isso, precisamos do esforço de cada um em agir com responsabilidade e com respeito à vida”, concluiu. 

Por Irce Falcão



Nenhum comentário:

Postar um comentário