GIF Patrocinador

GIF Patrocinador

domingo, 23 de maio de 2021

CAMPEONATO PERNAMBUCANO

Quem levanta a taça? Para marcar história, Náutico e Sport protagonizam espetáculo final do Pernambucano

Taça é objeto central de desejo de alvirrubros e rubro-negros (Foto: Tiago Caldas/CNC; Marcelo Bandeira/FPF; Anderson Stevens/Sport)



Jogo de ida, na Arena, terminou empatado em 1 a 1, garantindo a igualdade na decisão do 107º campeão estadual


“O Pernambucano não vale nada”. “Os estaduais deveriam acabar”. Se você acompanha futebol, é quase certo que já escutou - ou até disse - alguma frase como essas. Neste domingo, porém, o Pernambucano vai, de novo, provar seu valor e mostrar porque essa linha de raciocínio nunca será capaz de entender a emoção que pulsa na veia de cada torcedor ao ver seu time superar os maiores rivais para poder dizer que Pernambuco, uma vez mais, pertence ao Clube Náutico Capibaribe ou ao Sport Club do Recife.

Os Aflitos serão o palco da final do 107º Pernambucano. Às 16h do domingo, Náutico e Sport protagonizam o Clássico dos Clássicos mais importante dos últimos, pelo menos, dois anos. Para o Leão, está em jogo a honra do 43º título, o primeiro de nomes como Marcão e Thiago Neves no clube. O Timbu, por sua vez, quer, além da 23ª taça, quebrar o tabu de 53 anos sem superar o Sport na final para voltar a levantar uma taça nos Aflitos após 47 anos.

NÁUTICO

Há muito em jogo, claro. E o time do Náutico parece saber disso. Ao longo das entrevistas coletivas da semana, os jogadores deixaram isso claro, sempre reforçando a importância da final e o que está em jogo no campeonato. Na visão do treinador, essa compreensão foi natural para o elenco, bastante estimulado para a busca pelo título pernambucano.

"É natural, pela capacidade dos profissionais, pelo profissionalismo deles. Agora, nós temos que estimular isso. É da nossa função, da comissão técnica. E há estímulo, também, entre eles. Então, eu vejo isso como um fato natural, esse grupo está totalmente sabedor do que representa este título para o Náutico, caso a gente conquiste", afirmou Hélio.

Ainda assim, Hélio reforçou que se trata de um grande desafio para o alvirrubro. "Vai ser uma das decisões mais difíceis, tecnicamente falando. Nós estamos vivendo isso desde o primeiro jogo, nós estamos conscientes que ganhar um título pernambucano é valorizar a marca do campeonato, é valorizar a marca do clube". Para esse desafio, o Alvirrubro não conta com desfalques e deve jogar com o mesmo time do primeiro jogo.

SPORT

Pelos lados da Ilha do Retiro, a palavra de ordem é intensidade. O principal ponto trazido pelo elenco e pelo treinador Umberto Louzer durante a semana foi a mudança de postura para que o time seja mais intenso diante do Náutico na finalíssima do domingo, nos Aflitos. Sentindo-se privilegiado por chegar a sua primeira final em Pernambuco, o treinador leonino destacou a necessidade de manter o equilíbrio para chegar ao objetivo, que é a conquista do 43º título estadual, bem como a manutenção do tabu de mais de 50 anos sobre o rival. 

“A expectativa é a melhor possível. Por se tratar de jogar uma final de competição, algo que é um privilégio para nós, profissionais, seja a comissão, sejam os atletas. Quanto a ansiedade, como você bem frisou, a gente tem um grupo de atletas experientes. Então, isso ajuda nesses momentos também. Nós temos que entender o equilíbrio e nos apegar naquilo que nós trabalhamos ao longo da semana, para que a gente possa ir pra campo executar e colocar em prática aquilo que uma final te exige”, arrematou Louzer.

FICHA DO JOGO

Náutico
Alex Alves; Hereda, Camutanga, Wagner Leonardo e Bryan; Djavan, Rhaldney e Jean Carlos; Erick, Vinícius e Kieza. Técnico: Hélio dos Anjos.

Sport
Mailson; Patric, Iago Maidana, Adryelson e Sander; Marcão, Júnior Tavares e Thiago Lopes; Neilton, Everaldo e Mikael (Santiago Tréllez). Técnico: Umberto Louzer.

Local: Estádio dos Aflitos
Horário: Domingo, às 16h
Arbitragem: Rodolpho Toski (FIFA-PR)
Assistentes: Kleber Lucio Gil (FIFA-SC) e Guilherme Camilo (FIFA-MG)
VAR: Carlos Braga (RJ)

DP

Nenhum comentário:

Postar um comentário