GIF Patrocinador

GIF Patrocinador

quinta-feira, 10 de março de 2022

SANTA CRUZ - ELEIÇÕES NO ARRUDA

Antônio Luiz Neto acusa Waldemar de descumprir estatuto e Albertino de estar inadimplente com o Santa Cruz

Ex-presidente é um dos candidatos para o pleito coral (Foto: Rafael Vieira/Esp. DP foto)



Entrevista concedida pelo presidente da comissão eleitoral revela que solicitação do ex-presidente será analisada até o sábado (12)


O bate-chapa do Santa Cruz, marcado para a próxima segunda-feira (14), teve, nesta quarta-feira (9), conforme antecipado pela Rádio Clube de Pernambuco, o pedido de impugnação das chapas lideradas pelos candidatos Waldemar de Oliveira e Albertino dos Anjos. 

Assinada por Antônio Luiz Neto, a solicitação será analisada, no sábado (12), pela Comissão Eleitoral do Tricolor do Arruda, que é liderada por João Marcelo Neves, que concedeu entrevista e explicou o processo de averiguação das justificativas apresentadas pelo ex-presidente do clube.

"Ontem, Antônio Luiz Neto apresentou uma impugnação em relação às chapas de Waldemar e Eduardo e a de Albertino e Jaime. (O pedido) chegou ontem e a gente está notificando os impugnados a prestarem esclarecimentos. E, até amanhã, elas podem apresentar. No sábado, a comissão se reune e a gente decide sobre as impugnações. Se serão procedentes ou não". 

"Uma vez procedentes, é aberto o prazo para que as chapas retifiquem as irregularidades e, na segunda-feira, procede a eleição com a chapa unificada - isso, caso haja a irregularidade", disse João Marcelo Neves em entrevista à Rádio Clube de Pernambuco. 

JUSTIFICATIVAS

A princípio, a justificativa dada por Antônio Luiz Neto passa por questões que impediriam a candidatura das duas chapas a partir do Estatuto Social do Santa Cruz. Quanto à chapa liderada por Waldemar Oliveira e Eduardo Petribú, o ex-presidente do Arruda alega que Waldemar não possui o tempo mínimo como sócio para se candidatar, que é 12 meses. 

Já sobre a chapa encabeçada por Albertino dos Anjos e Jaime Fortunato, Antônio Luiz Neto acusa o ex-diretor de estar inadimplente em relação às obrigações sociais do clube. Jaime, por sua vez, teria uma empresa que presta serviços ao Santa Cruz.

DP

Nenhum comentário:

Postar um comentário