GIF Patrocinador

GIF Patrocinador

sexta-feira, 1 de abril de 2022

DESABAFO TRICOLOR

Após negativa da FPF, diretor do Santa Cruz desabafa: 'Futebol de PE está acabando'

(Foto: Helder Tavares/DP/D.A Press)



Diretoria coral havia enviado ofício na última quarta-feira solicitando presença da sua torcida na semifinal deste sábado, nos Aflitos


O Santa Cruz não terá o apoio da torcida coral nas arquibancadas dos Aflitos, na semifinal deste sábado, contra o Náutico. A cúpula tricolor foi notificada oficialmente e lamentou a decisão da entidade. Theo Silva, diretor patrimonial do clube, se mostrou chateado e disse, em tom de desabafo, que 'o futebol de Pernambuco está se acabando'. 

Com negativa da Federação, o Clássico das Emoções de amanhã contará apenas com a presença do torcedor alvirrubro. Assim como no clássico diante do Sport, que não teve participação da torcida visitante, respeitando medida da torcida única imposta pela FPF em janeiro deste ano. Após passar por recente vistoria, na última quinta-feira, o estádio Eládio de Barros Carvalho terá capacidade para 14.500 torcedores e deve receber o mais público do estadual em 2022.

Nesse cenário, a insatisfação de Theo Silva com o posicionamento da entidade se estende à diretoria coral como um todo. Na última quinta-feira, em entrevista à Rádio Clube, o presidente Antônio Luiz Neto já havia pedido bom senso do mandatário Evandro Carvalho. Na oportunidade, ALN lamentou o tratamento dado às praças esportivas de Pernambuco, comparando o cenário às demais regiões do Brasil. 

"Nós achamos injusto haver um clássico contra o Náutico e o esporte não poder celebrar a presença de duas torcidas pacíficas, consolidadas, que amam seus clubes, sob alegação de que isso poderia trazer ou traz, de alguma forma, a possibilidade de violência urbana. A violência urbana no Brasil existe todo dia. Em dia de clássico, a todo momento. Se existem marginais infiltrados na torcida, é uma questão de segurança pública. E nós temos uma grande Polícia Militar. Essa policia deve merecer o nosso respeito. Um batalhão de choque que é exemplo para o Brasil. Mas, o país inteiro está permitindo jogo com duas torcidas", defendeu.

DP

Nenhum comentário:

Postar um comentário