GIF Patrocinador

GIF Patrocinador

segunda-feira, 11 de julho de 2022

CAMPEONATO BRASILEIRO

Santa Cruz joga mal, perde para o ASA e ida ao mata-mata da Série D será decidida no Arruda

Único gol da partida saiu em jogada de escanteio. (Foto: Divulgação/ASA)


Tricolor interrompeu sequência de duas vitórias seguidas na competição


Mesmo com um a mais durante boa parte do confronto, o Santa Cruz não conseguiu superar o ASA e foi derrotado por 2 a 0 no estádio Fumeirão, em Arapiraca, na tarde deste domingo. O Tricolor, que ainda contou com a expulsão de Anderson Ceará, no segundo tempo, jogou mal, não conseguiu manter o nível de apresentação das duas últimas rodadas e voltou a perder na Série D. Agora, os corais terão que buscar a classificação ao mata-mata no Arruda.

Com o resultado, a Cobra Coral caiu para a quarta colocação. Com 18 pontos, o Tricolor ainda depende somente de si para avançar de fase. Para isso, terá que vencer o Lagarto, no próximo sábado (16), às 16h, no Recife.  

O jogo 

Os primeiros 20 minutos foram soberanos do ASA. Assim como o Santa Cruz, os alagoanos também dependiam apenas de uma vitória para se garantirem de forma antecipada no mata-mata. E buscou, ao lado de um bom público no Fumeirão, se impor dentro de campo. Apesar do volume de jogo, no entanto, apenas duas chegadas perigosas. Ambas com o meia Anderson Feijão, na bola parada. Em uma delas, acertou a trave da meta defendida pelo goleiro Jefferson. 

Do outro lado, o Tricolor não conseguia sequer ter a bola no campo de ataque. Se defensivamente mostrava consistência em meio às investidas, do meio para frente o Tricolor pouco existiu. Não conseguia trocar passes e se via 'refém' do ritmo imposto pela equipe mandante. Já o ASA, seguia apostando na bola parada como caminho para o gol. E assim abriu o placar. Após escanteio, o zagueiro Benne subiu sozinho e desviou, de cabeça, no canto direito da meta coral. Com justiça, o marcador foi inaugurado. 

Logo depois do gol, o meia Roger Gaúcho foi expulso, após uma dura falta no atacante Matheuzinho. Com um a mais e atrás do placar, o Santa tentou dar as cartas nos minutos finais da primeira etapa. E até chegou, principalmente pelas investidas de Wescley. O Tricolor conseguiu colocar a bola no chão. No entanto, faltou capricho no último passe.

Segundo tempo   

Para os 45 minutos finais, o desenho da reta final do primeiro tempo se repetiu: enquanto a Cobra Coral buscava, a todo minuto, aproveitar a vantagem numérica, o ASA se organizava defensivamente. E a equipe tricolor voltou com força total no ataque. Com apenas um minuto, teve a sua melhor chance na partida até o momento. Ratinho cruzou, o meia Anderson Feijão desviou contra a própria meta e por pouco Matheuzinho não conseguiu empurrar para o gol. 

O caminho facilitado com a expulsão, no entanto, foi interrompido pelo próprio Santa. Aos 22, o meia Anderson Ceará, que recebeu sua primeira chance no time titular, recebeu o cartão vermelho. Com a perda da vantagem, o duelo se mostrou mais equilibrado, ainda que os corais conseguissem ser mais periogosos. Contudo, foram os mandantes que mais uma vez chegaram ao gol. 

Após o Santa Cruz desperdiçar boa chegada, o ASA, com Xandy, arrancou em bom contra-ataque, arriscou de longe e voltou a balançar as redes do goleiro Jefferson. O gol foi um balde de água fria para o Tricolor, que não teve mais forças para buscar mudar o cenário da partida. 

Ficha do jogo
ASA 

Renan Rinaldi; Michel, Cristian Lucca, Benne e Alysson Dutra; Jorginho (Marco Antonio), Colina, Ermínio (Xandy) e Anderson Feijão (Assis); Roger Gaúcho e Júnior Viçosa (Diego Rosa). Técnico: Jota Guerreiro.

Santa Cruz 

Jefferson; Edson Ratinho (Jefferson Feijão), Alemão, Luan Bueno e Ítalo Silva (Dudu Mandai); Gilberto (Raphael Macena), Daniel Pereira e Anderson Ceará; Matheuzinho (Lucas Silva), Wescley (Tarcísio) e Rafael Furtado. Técnico: Marcelo Martelotte.  

Local: Estádio Coaracy Fonseca, em Arapiraca
Arbitragem: Alisson Sidnei Furtado (TO)
Assistentes: Brígida Cirilo e Maxwell Rocha (ambos de AL)
Gols: Benne (28'/1T, ASA), Xandy (44'/2T, ASA)
Cartões amarelos: Matheuzinho (STA), Colina (ASA), Jorginho (ASA), Ermínio (ASA), Júnior Viçosa (ASA)
Cartão vermelho: Roger Gaúcho (ASA)

DP

Nenhum comentário:

Postar um comentário