GIF Patrocinador

GIF Patrocinador

quarta-feira, 3 de agosto de 2022

SANTA CRUZ - VIVENDO BOM MOMENTO

Hugo Cabral vira o protagonista do Santa Cruz na Série D, dentro e fora de campo

A grande atuação de Hugo foi justamente diante do Retrô, na Arena (Foto: Rafael Vieira/DP Foto)


Atacante participou de 80% dos gols marcados pelo Santa Cruz desde sua estreia


Hugo Cabral no Santa Cruz. Ou, Hugo “Letal” para os adversários. O atacante é o protagonista da Cobra Coral na Série D, seja balançando as redes dentro de campo ou alfinetando os adversários fora dele. Desde sua estreia, no empate em 1 a 1 com o Sergipe, ele participou diretamente de 80% dos gols marcados pelo Mais Querido na competição, acumulando sete tentos e uma assistência em nove partidas disputadas.

Quis o destino que a grande atuação de Hugo no ano fosse na vitória por 2 a 1 sobre o Retrô, quando marcou duas vezes e foi o nome do jogo. Antes, ainda na semana da ida, havia dito que o Santa ia “atropelar o Retrô” no mata-mata, colocando um tempero extra na decisão. Prometeu e cumpriu. Além disso, o período artilheiro pode significar a temporada mais positiva da carreira do atacante. 

Se balançar as redes mais duas vezes na competição, o Santa será um dos times que Hugo mais marcou na carreira, igualando feito alcançado em 2016, pelo Luverdense. Na ocasião, fez nove gols. Se levar em conta o ano, marcou 10, também indo às redes pelo Volta Redonda no Campeonato Carioca. 

O desempenho atual de Hugo, inclusive, já superou os seis gols que o atleta assinou pelo Voltaço, no Estadual de 2015. É também mais do que o dobro do que Hugo fez na Ponte Preta, no Campeonato Paulista de 2019, quando marcou três. Vale lembrar que há quase nove anos o atacante teve passagem apagada pelo Náutico, marcando apenas duas vezes na Série A de 2013, e chegou ao Arruda sob desconfiança. 

Os números de Hugo pelo Santa são cada vez melhores. Em nove jogos, o goleador foi responsável direto por 50% dos gols corais na Série D. Foram, ao todo, 16 bolas nas redes adversárias, somando a fase de grupos e o primeiro mata-mata.  

Hugo marcou nas partidas diante do Sergipe (ida e volta da fase de grupos), Atlético-BA, Juazeirense, Lagarto e Retrô. Ele é o artilheiro tricolor na competição. Os atuais goleadores na Série D são Franklin Mascote, do Retrô, e Aleílson, do Trem, que assinalaram 10. As duas equipes já foram eliminadas.

DP

Nenhum comentário:

Postar um comentário