GIF Patrocinador

GIF Patrocinador

domingo, 16 de julho de 2023

CAMPEONATO BRASILEIRO

Santa Cruz empata com o Potiguar no Arruda e terá drama na última rodada da Série D

Resultado não foi bom e gerou protestos da torcida no Arruda (Foto: Rafael Vieira/DP Foto)


Maranhão marcou para a Cobra Coral, que não conseguiu retornar ao G4 do Grupo 3


Drama até o fim. Jogando no Arruda, o Santa Cruz não saiu do empate em 1 a 1 contra o Potiguar e terá uma última rodada dramática na primeira fase da Série D do Campeonato Brasileiro. O resultado deste domingo (16) manteve a Cobra Coral fora do G4 e sem depender das próprias forças para garantir uma vaga na próxima fase da competição.

Com 20 pontos, o tricolor ocupa a quinta posição do Grupo 3, tendo dois pontos a menos que os visitantes. Após o apito final do árbitro, alguns torcedores tentaram invadir o gramado, mas a Polícia Militar conseguiu impedir uma tragédia de grandes proporções. Os jogadores dos dois times correram para os vestiários.A confusão se transferiu para a Avenida Beberibe, em frente à sede do clube, com o barulho de muitas bombas.

Com todos os jogos da última rodada marcados para o próximo domingo (23), às 18h, o Santa Cruz visitará o Iguatu, no estádio Morenão. Apenas a vitória interessa para o time de Evaristo Piza. Porém, além do resultado positivo, a Cobra Coral terá que torcer por tropeços de Pacajus ou Potiguar.

O jogo

Com muitas mudanças na escalação promovidas pelo técnico Evaristo Piza, o Santa Cruz até criou algumas chances no primeiro tempo, mas pecou na falta de organização e na hora da finalização. A primeira bola que levou perigo ao goleiro do Potiguar saiu de uma cobrança de falta de Fabrício. Mas Diego Almeida estava atento e mandou para escanteio. Também na bola parada, Chiquinho quase marcou após desvio da defesa. 

No decorrer da primeira etapa, as chances do tricolor foram diminuindo e o time do Rio Grande Norte passou a ter mais confiança. O placar só não foi aberto mais cedo por conta do péssimo chute de Michel Potiguar, que mesmo sem goleiro, chutou por cima do gol. Mas um contragolpe mortal aos 41 minutos fez a pressão aumentar ainda mais no Arruda. Wilson recebeu de Vitinho e bateu na saída de Michael para balançar as redes.

A volta do intervalo foi alucinante. Logo aos 20 segundos, Maranhão acertou um belo chute no ângulo para empatar o jogo. A virada quase saiu poucos minutos depois, mas a zaga do Potiguar salvou em cima da linha a finalização de Matheus Alessandro. A resposta dos visitantes veio com Wilson. O autor do gol quase fez mais um, mas parou em bela defesa de Michael.

Com muitas mudanças, incluindo a entrada de Emerson Galego no lugar de Pipico, que deixou o campo lesionado, o Santa Cruz partiu para uma pressão final em busca da virada, mas ainda viu Michael fazer outras grandes defesas. Desorganizado, o tricolor teve oito minutos de acréscimo para mudar o placar, mas, visivelmente sem forças, o Santa Cruz quase levou mais um, mas a bola de Mateus Recife explodiu no travessão no último lance do jogo. 

FICHA DA PARTIDA:
SANTA CRUZ 1
 Michael; Rhuan Rodrigues, Yan Oliveira (Dudu), Eduardo Guedes e Italo Silva; Pingo, Fabrício, Chiquinho (Yago); Maranhão (Lucas Silva), Matheus Alessandro (Anderson Paulista) e Pipico (Emerson Galego). Técnico: Evaristo Piza

POTIGUAR-RN 1
Diego Almeida; Bebeto (Alleff), Victor Souza, Anderson Junior e Gabriel Silva (Mateus Recife); Giovanni (Sidney), Marquinhos Taipu, Romeu; Wilson, Michel Potiguar (Robert) e Vitinho. Técnico: Robson Melo.

Estádio: Arruda (Recife/PE
Árbitro: Leonardo Ferreira Lima (PR)
Assistentes: Bruno César Chaves Vieira e Anderson Luís Marques  (Ambos da PE) 
Cartões amarelos: Anderson Júnior (P); Fabrício e Anderson Paulista (S) 
Gol: Wilson, aos 41/1T (P); Maranhão, aos 1/2T (S) 
Público: 14.070 pessoas
Renda: R$ 300.070,00 

DP

Nenhum comentário:

Postar um comentário