GIF Patrocinador

GIF Patrocinador

quarta-feira, 19 de julho de 2023

E AGORA MINISTRO ALEXANDRE DE MORAES?

Condenada por fake news pagou palestra de Moraes na Itália

Ministro Alexandre de Moraes Foto: EFE/Joédson Alves


Relação do ministro com empresas foi denunciada pelo Jornal da Band



A palestra ministrada por Alexandre de Moraes na Itália, na última semana, foi promovida e bancada por uma faculdade de Goiás condenada por propagar fake news sobre o uso seguro de Ivermectina durante a pandemia de Covid-19, com finalidade lucrativa. A denúncia foi feita pelo Jornal da Band, em edição desta terça-feira (18).

O Fórum Internacional de Direito que ocorreu na Universidade de Siena foi promovido pela Alfa Escola de Direito e pela Unialfa, empresas com suas sedes em Goiás e que compõem o Grupo José Alves, que é o proprietário da Vitamedic, empresa farmacêutica que fabrica a ivermectina no Brasil.

O Grupo José Alves e a Unialfa bancaram um informe publicitário difundido em diversos canais de comunicação, em fevereiro de 2021, a fim de defender o uso de substâncias como ivermectina e cloroquina no “tratamento precoce” contra o Coronavírus.

As empresas foram condenadas junto a entidade Médicos pela Vida e multadas em R$ 55 milhões por danos morais coletivos à saúde. A decisão ocorreu em maio deste ano pela Justiça Federal no Rio Grande do Sul.


Nenhum comentário:

Postar um comentário