GIF Patrocinador

GIF Patrocinador

quarta-feira, 9 de agosto de 2023

FAÇA UM "L" PARA O DESGOVERNO DO PT

Ministério da Fazenda admite que novo imposto brasileiro pode chegar em até 27% e se tornar o maior do mundo

Foto: Marcello Casal Jr/Agência Brasil


Estudo divulgado pelo Ministério da Fazenda nesta terça-feira (08) aponta que “exceções” aprovadas pela Câmara na reforma tributária devem elevar o futuro Imposto sobre Valor Agregado (IVA) a até 27%.


O IVA brasileiro será dual, de acordo com a reforma: ele vai reunir na esfera federal e na esfera estadual impostos hoje existentes.

Em entrevista ao g1 e à TV Globo, o secretário extraordinário da Fazenda para a reforma tributária, Bernard Appy, disse que a pasta entregaria o estudo ao Senado Federal com o custo das exceções abertas na reforma.

Ou seja, os bens e serviços não serão sujeitos à alíquota cheia do novo modelo de impostos, de acordo com o economista.

Essas exceções se dividem em três grupos, pelo texto que tramita atualmente no Congresso:

  • Cobrança reduzida, equivalente a 40% da chamada“alíquota padrão”que valerá para os demais setores;
  • Alíquota zero em itens como os da cesta básica, por exemplo;
  • Ou regimes específicos para setores como o financeiro, o imobiliário e o de combustíveis.
  • Nenhum comentário:

    Postar um comentário