GIF Patrocinador

GIF Patrocinador

segunda-feira, 14 de agosto de 2023

IMPASSE REPUBLICANO

Marcos Pereira manobra para tentar segurar Tarcísio


Reunião entre o presidente do Republicanos e o governador de São Paulo deve ocorrer nesse dia dos pais (13)


O deputado federal Marcos Pereira (RP-SP), que preside nacionalmente o Republicanos, vai tentar manter a filiação do governador Tarcísio de Freitas após aproximação da sigla com o Executivo e as negociações que envolvem a ascensão do deputado Silvio Costa Filho (RP-PE) à alta cúpula do governo Lula.

Um membro do Republicanos, que atua no governo Tarcísio, informou sobre reunião entre o deputado e o governador, que deve ocorrer nesse dia dos pais (13). “Ele [Marcos Pereira] vai sinalizar ao Tarcísio que vai pedir desfiliação de quem quiser assumir cargo no governo Lula”, afirmou.

Insatisfeito com os rumos seguidos pelo partido, o político que não quis se identificar, diz acreditar que o pedido de Pereira a nomes como Silvio Costa Filho será “pro forma” e não efetivo: “Falar para o cara que é do partido há 20 anos: se desfilia aí para assumir o Ministério, não significa, verdadeiramente, cortar laços”, refletiu.

A fonte do Diário do Poder acredita que as conversas em torno da ida de Tarcísio ao PL ainda está em “concepção prematura” e que o governador vai mesmo recuar da permanência no partido ligado à igreja Universal, “ficando, por enquanto, sem partido nenhum, o que como governador ele pode”.

Na esfera municipal, a expectativa dos líderes do Republicanos, se mostra diferente. Manter a filiação do governador de São Paulo é fundamental para a permanência de nomes ligados a Bolsonaro na Câmara Municipal da capital paulista, bem como na Alesp, entre os quadros de filiados. “Sinceramente, acredito que não teremos a primeira situação (saída de Tarcísio), logo a segunda também não teremos (debandada de filiados bolsonaristas). Está tudo bem. Aquilo que nos une é maior daquilo que eventualmente nos separa”, declarou o vice-presidente metropolitano do Republicanos em São Paulo, Fábio Cruz.

Procurada, a Executiva estadual da sigla não respondeu à procura da redação.

Nenhum comentário:

Postar um comentário