GIF Patrocinador

GIF Patrocinador

sábado, 5 de agosto de 2023

METRÔ COM FUNCIONAMENTO MÍNIMO

Metrô do Recife volta a funcionar neste sábado (5), com capacidade reduzida; greve continua

Metrô do Recife - Foto: Divulgação/CBTU Recife


Categoria participou de assembleia de conciliação na sede do TRT-6



Com agenda intensa nesta sexta-feira (4), os metroviários do Recife decidiram obedecer à determinação judicial que estabeleceu o funcionamento mínimo do sistema durante a greve da categoria. A partir das 5h do sábado (5), estações do Metrô do Recife serão reabertas para a população.

Atendendo a uma ação cautelar movida pela Companhia Brasileira de Trens Urbanos (CBTU), a presidente do TRT-6, desembargadora Nise Pedroso, determinou que o metrô funcione com 60% da capacidade em horários de pico e 40% em demais horários, com multa diária de R$ 60 mil em caso de descumprimento. 

sindicato dos metroviários foi notificado oficialmente da decisão na tarde desta sexta (4), durante uma audiência de conciliação realizada no TRT. Antes, a categoria saiu em caminhada pelo centro do Recife, seguindo da estação Recife até a sede do Tribunal Regional do Trabalho, no Cais do Apolo. 

Na chegada, os trabalhadores aguardaram o encerramento da tentativa de conciliação que foi mediada pelo desembargador Sérgio Torres. A audiência também contou com a participação da procuradora do Ministério Público do Trabalho, Ana Carolina Lima.

“Avançamos um pouco. Um lado esteve mais aberto à negociação. Tivemos uma certa dificuldade do lado patronal sob a alegação de que qualquer tipo de definição de uma negociação coletiva teria que passar por Brasília. Mas, conseguimos avançar em alguns pontos. Ainda estamos relativamente distantes de um consenso, mas vamos tentar novamente”, informou o desembargador. 

Após três horas de audiência, os metroviários voltaran a se reunir em assembleia geral. Por maioria, eles decidiram cumprir a determinação enquanto aguardam uma nova rodada de conciliação com a CBTU, marcada para a segunda-feira (7).

Apesar de voltar a funcionar com capacidade reduzida, o Metrô do Recife segue em greve. A expectativa agora é que um acordo seja fechado durante a próxima reunião de conciliação, que será sucedida por uma nova assembleia geral da categoria, marcada para às 18h. 

“Em conjunto com o MPT, apresentamos uma proposta à empresa de um reajuste de 7% e aumento do piso salarial para o nível 110, o que dá em torno de R$ 2.500. Esperamos que ela aceite. Queremos voltar ao trabalho e atender a população, esse é o compromisso da nossa categoria”, afirmou o presidente do Sindmetro-PE, Luiz Soares

Por meio de nota, a CBTU confirmou que participará da nova audiência de conciliação. A companhia reforçou que está "empenhada para resolver a questão e aberta para o diálogo com os sindicatos". 


Por Danielle Santana

Nenhum comentário:

Postar um comentário