GIF Patrocinador

GIF Patrocinador

quinta-feira, 10 de agosto de 2023

NÁUTICO - TREINADOR É REINCIDENTE

Técnico do Náutico Fernando Marchiori tem polêmicas em sua carreira como treinador

Marchiori se envolveu em mais uma polêmica na carreira como treinador (Foto: Tiago Caldas/CNC)


Treinador alvirrubro carrega histórico de desentedimentos na carreira, desde torcedores até ídolo de clube


A semana segue bastante conturbada nos Aflitos. Com o Náutico precisando somar pontos nos últimos três jogos da primeira fase do Campeonato Brasileiro da Série C, o ambiente no vestiário alvirrubro não parece favorável. Polêmicas entre o técnico Fernando Marchiori e jogadores do elenco vieram à tona esta semana, expondo algo recorrente na carreira do treinador.

Ainda quando treinava o Cuiabá, em 2016, foram registrados desentendimentos entre Marchiori e o atacante Igor, que foi substituído aos 20 minutos do primeiro tempo do jogo entre Cuiabá e Operário, válido pelo Campeonato Mato-Grossense. Após ser chamado de traíra pelo treinador, o atacante perdeu a paciência e partiu para cima de Marchiori, sendo contido por jogadores e comissão técnica. Fernando pediu demissão após a partida, dia 19/04/2016.

Já em 2021, quando comandou a equipe da Portuguesa, Marchiori passou por mais um episódio polêmico. Em setembro daquele ano, após ser eliminado da Série D, o treinador acabou trocando xingamentos com um torcedor descontente após o resultado negativo. Por meio da rede social, Fernando retrucou o torcedor dizendo que “nem divisão você tinha”, entre palavrões e outros termos de baixo calão. O treinador assumiu o Oeste na temporada seguinte.

No ano passado, enquanto treinador do ABC, outra polêmica envolveu o treinador. O atacante Walysson passou quase um mês sem jogar pelo alvinegro potiguar, e decidiu expor as discordâncias que existiam entre o técnico e o jogador. Por meio das redes sociais, o atleta disse que passou por um período de 15 dias se adequando aos desejos de Marchiori, que esperava mais força e potência do atacante. Após cumprir período aprimorando a parte física, Walysson ficou ciente de que seria utilizado como centroavante, posição que nunca atuou na carreira. Ainda assim, colocou-se à disposição do treinador, mas amargou mais um período sem jogar pelo ABC.

Em sua defesa, Fernando Marchiori montou um verdadeiro dossiê sobre o atleta, contando com depoimentos de comissão técnica e departamento médico, além de utilizar até planilhas para embasar os seus argumentos. Em resumo, o técnico rebateu tudo o que Walysson tinha falado, expondo exames médicos do jogador e treinamentos fora de sintonia com o clube, que Fernando pontuou como uma “falta de respeito”. Marchiori ainda ressaltou que preferiria resolver todo o assunto internamente, mas que o atleta teria passado dos limites.

Desde o início da semana o Náutico vem encarando possíveis desentendimentos entre técnico e jogador. Segunda feira (07), o atacante Matheus Carvalho, que não vem sendo utilizado nos últimos jogos do Timbu, curtiu uma postagem que criticava a postura do treinador alvirrubro. A situação foi aparentemente controlada, com o próprio atleta reconhecendo a atitude, se desculpando com o treinador e fazendo uma postagem em sua rede social, pedindo desculpa também aos torcedores e colocando a classificação do Náutico para a próxima fase da Série C como prioridade.

Infelizmente, a confusão não para por aqui. Em reunião entre o elenco e comissão técnica ontem (09), o meia Souza teria discutido verbalmente com o técnico do Náutico, relembrando até a polêmica que Marchiori teria se envolvido quando comandava o ABC. O atleta, que acabou de renovar o contrato com o Timbu até o fim de 2024, teria se recusado a jogar enquanto Fernando for o treinador do clube. Uma reunião está marcada para esta tarde, para tentar resolver o ocorrido.

 Walyson repercute atual polêmica nas redes sociais

Sendo citado por Souza na suposta discussão, o atacante Walysson também se manifestou nas redes sociais, republicando um post que falava do desentendido. Na publicação, escreveu “nenhuma novidade sobre este rapaz!”. Considerado ídolo no ABC, o atacante continua jogando no clube potiguar.

<i>(Foto: Reprodução)</i>


Nenhum comentário:

Postar um comentário