GIF Patrocinador

GIF Patrocinador

quarta-feira, 9 de agosto de 2023

SANTA CRUZ - E A CONFUSÃO CONTINUA NO ARRUDA

Presidente do Conselho Deliberativo do Santa Cruz rebate acusações após retornar ao cargo

Marino Abreu é presidente do Conselho Deliberativo desde 2021 (Foto: Paulo Paiva/Arquivo DP)


Marino Abreu havia sido afastado e se pronunciou pela primeira vez após retomar a função


De volta à presidência do Conselho Deliberativo do Santa Cruz na última quinta-feira (3), após ter seu pedido acatado pela justiça, Mariano Abreu se pronunciou pela primeira vez após ficar dois meses afastado do cargo. O dirigente rebateu as acusações recebidas no período em que esteve ausente e citou a determinação de Ricardo de Paula, interventor judicial que assumiu sua função, de excluir conselheiros que não contribuíssem financeiramente com a Cobra Coral.

“Ocorre que, durante o referido período, o Sr. Interventor Judicial, utilizando-se das atribuições que lhe foram conferidas, emitiu determinação no sentido de compelir os membros deste colegiado a procederem os pagamentos das contribuições, sob pena de exclusão do quadro de Conselheiros”, diz o ofício assinado pelo presidente. 

Marino Abreu ainda relembra que, segundo decisão de uma Reunião Extraordinária do Conselho Deliberativo, ficou definido “que a cobrança de contribuições aos conselheiros eleitos passaria a ser facultativa”, reafirmando a determinação no ofício. Porém, o dirigente lembrou a importância da “continuidade dos recolhimentos daqueles que reúnem tal condição”. 

O presidente do Conselho tricolor finaliza afirmando que “todas as determinações do plenário sempre foram e sempre serão amplamente respeitadas, preservando-se o contraditório, a urbanidade e às diretrizes democráticas que sempre pautaram as ações deste Conselho Deliberativo”. 


Nenhum comentário:

Postar um comentário