GIF Patrocinador

GIF Patrocinador

segunda-feira, 21 de agosto de 2023

SPORT - CASO LUCIANO JUBA

Vice-jurídico do Sport afirma que Luciano Juba pode não jogar pelo Bahia na atual temporada

Cria do Sport, Juba tem 20 gols e 18 assistências na temporada (Foto: Sandy James/DP Foto)


Segundo Rodrigo Guedes, existe um processo em tramitação tratando do assunto; o contrato do atacante com o Leão se encerra no fim do mês


Restando apenas um jogo para o fim de seu contrato com o Sport, Luciano Juba se despedirá do clube na próxima sexta-feira (25), quando o Leão enfrentará o Ituano às 21h30, na Ilha do Retiro. A partir do primeiro de setembro, o atacante destaque do rubro-negro na temporada será jogador do Bahia. No entanto, Rodrigo Guedes, vice-jurídico do time pernambucano, afirma que ainda existe a possibilidade de o jogador não atuar pelo tricolor em 2023.

Com o encerramento da janela de transferências ocorrida no último dia 2 de agosto, o Sport acredita que Luciano Juba não poderia jogar por outro time brasileiro na temporada. Rodrigo Guedes afirma que há um processo em tramitação sobre o assunto.

“Há um processo em tramitação perante a CNRD analisando se ele pode ser usado. Esse processo ainda não foi julgado e é um pedido do Bahia. O Sport entende que abrir uma brecha dessa seria acabar com a janela. Cria um precedente horrível para a CBF e o campeonato como um todo”, disse o dirigente rubro-negro, que ainda informou sobre uma análise feita pelo clube junto a Confederação Brasileira de Futebol.  

“A gente fez uma análise com a CBF e existem mais mil atletas com essa mesma situação que o Bahia quer criar uma exceção. Quando se cria a lei, é para que ela seja cumprida. A regra diz que as transferências devem ser nos períodos de janelas”, disse Rodrigo Guedes. 

Por outro lado, ao ser contatada pela reportagem do portal GE em março, a assessoria de imprensa da CBF assegurou que Luciano Juba poderia jogar pelo Bahia ainda em 2023. O motivo seria que a assinatura do contrato do jogador com o Sport ocorreu antes do anúncio do período de transferências. Dessa forma, tanto a entidade máxima do futebol brasileiro quanto a FIFA estariam inclinadas a priorizar o interesse do atleta.

Também em março, o Sport divulgou uma nota oficial contestando a decisão da CBF. “O Clube informa que fez uma consulta ao Departamento de Registros e Transferências (DRT) da entidade em duas datas – 22 de dezembro de 2022 e 3 de janeiro de 2023 -, e obteve em 4 de janeiro de 2023 uma negativa sobre a utilização do jogador por parte de outra equipe”.

Nenhum comentário:

Postar um comentário