GIF Patrocinador

GIF Patrocinador

segunda-feira, 7 de agosto de 2023

SPORT - FINALMENTE PODE ESTREAR

Após cumprir suspensão, Peglow pode estrear pelo Sport e é elogiado por Enderson

Atacante vem treinando com o elenco e poderá atuar em Minas (Foto: Rafael Bandeira/SCR)


Jovem jogador estava punido por expulsão quando atuava na Ucrânia e poderá atuar contra o Tombense


Um dos primeiros reforços anunciados pelo Sport na última janela de transferências, o atacante Peglow, finalmente poderá atuar pelo Leão. O jogador de 21 anos, que chegou por empréstimo do Internacional, estava suspenso por conta de uma expulsão quando ainda atuava no futebol ucraniano. Enderson Moreira, treinador rubro-negro, comentou sobre a situação, admitindo surpresa com a manutenção da pena no Brasil.

“Foi uma coisa inusitada. Nunca tinha acontecido uma punição internacional prevalecer em outro país. Não sei se foi um pedido daqui em função dos atletas que estão sendo punidos pelas apostas. Não sei o que aconteceu, mas houve uma internacionalização dessas penas. A gente foi pego muito de surpresa”, disse o treinador, que elogiou o jovem atacante. 

“Peglow sempre esteve muito apto fisicamente e tecnicamente. É um jogador muito requintado no quesito técnico. Acho que a torcida vai ter uma resposta muito positiva dele. É claro que vai entrar no processo de jogo e precisa esperar a oportunidade”, declarou Enderson Moreira, aproveitando para citar as posições onde Peglow pode atuar. 

“Ele pode fazer o extremo pelo lado esquerdo e o meio. São as duas funções que ele deve trabalhar mais. A função de Luciano Juba. É um jogador com esse perfil, muito bom tecnicamente e inteligente. Uma coisa é nos treinamentos, temos que ver nos jogos como vai ser esse encaixe. É um jogador que a gente tem uma expectativa muito boa”. 

Peglow  surgiu como uma grande promessa, sendo campeão mundial pela Seleção Brasileira Sub-17, mas nunca conseguiu se firmar após subir para o profissional do clube gaúcho. Antes de chegar ao Leão, acumulou passagens pelo Porto-POR, Atlético-GO e Dnipro-UCR.

Nenhum comentário:

Postar um comentário