GIF Patrocinador

GIF Patrocinador

segunda-feira, 20 de novembro de 2023

ESCULTURA DESAPARECIDA

Imagem do menino Jesus desaparece do presépio do Parque das Graças

A prefeitura do Recife informou que já providenciou a reposição da peça (Foto: Rafael Vieira/DP Foto)


Ela foi colocada na tarde de domingo (19) como parte da decoração de natal da cidade. Prefeitura disse que vai fazer reposição

Uma escultura do menino Jesus que compõe o presépio do Parque das Graças, na Zona Norte do Recife, desapareceu, horas depois de ser colocada no local. 

A instalação da decoração foi feita na tarde deste domingo (19).

O parque está no roteiro da programação natalina, preparada pela prefeitura da cidade, que conta com árvore gigante e muita iluminação.

Por meio de nota, a prefeitura da cidade informou que o fornecedor contratado pela para executar o projeto de decoração natalina no Parque das Graças havia colocado a peça no espaço público.

Ainda de acordo com a prefeitura do Recife, a reposição já está sendo providenciada.
 
 

Graça Miranda é funcionária pública e mora na área há 25 anos. Ela diz que o projeto é maravilhoso para o turismo, mas lamenta os problemas. 

“Os acessos para as nossas residências deixaram a situação ruim. Passam carros a toda velocidade”, comentou

Sobre a segurança pública, Graça disse que, após a construção do parque,aumentou a quantidade de furtos.

“Tem notícia de assaltos e roubos de celulares e a pessoas idosas. Temos Guarda Municipal, mas não tem a todo momento”, comentou.  
 
Funcionário público, Suelto Melo afirma que a Rua Dom Sebastião Lemos foi reduzida.

“Tem carros passando em alta velocidade. Já assisti a batidas aqui. Outro problema é a segurança. Soube dos assaltos e furtos de alianças e joias”, declarou.

O Parque das Graças foi contemplado com uma decoração completa, com elementos de chão interativos, além de túnel iluminado e o presépio que teve a imagem levada.

O Diario de Pernambuco entrou em contato com a  Polícia Civil para saber se houve registro de queixa.  A corporação informou que não houve notificação.
 
Custos
 
De acordo com informações da Autarquia de Manutenção e Limpeza Urbana do Recife (Emlurb), os atos de depredação do patrimônio público, incluindo pichações, fizeram a prefeitura gastar R$ 2.416.493,86 em manutenção.
 
Deste valor, R$ 247.694,14 foram exclusivamente para revitalizar pontes e prédios públicos pichados. 

Os valores gastos com a manutenção dos monumentos são o suficiente para para:

Construir uma Upinha;
Requalificar quatro unidades de saúde da família; 
Construir uma nova creche;
Fazer uma escola no atual padrão de qualidade; 
Requalificar 24 escadarias com corrimão;
Implantar 1.700 pontos de iluminação em LED no Recife.

Por: Aimé Kyrillos

Nenhum comentário:

Postar um comentário