GIF Patrocinador

GIF Patrocinador

domingo, 5 de novembro de 2023

SPORT - ENDERSON SOBRE A TORCIDA

Veja o que o técnico Enderson Moreira disse sobre o desgaste do time do Sport com a torcida

Enderson ressaltou o empenho do jogadores como principal demonstração de respeito ao torcedor do Sport (Foto: Sandy James/DP Foto)


Treinador minimizou os últimos episódios e convocou torcida para os últimos três jogos na Série B


Após a derrota por 2x1 para o Mirassol, a relação entre o elenco do Sport e a torcida parece ainda mais conturbada. Os jogadores rubro-negros não cumprimentaram em nenhum momento o público que foi apoiar o grupo no interior do estado de São Paulo, e foram direto para o vestirário após o resultado adverso. O vínculo vem sendo abalado há alguns meses, desde a declaração dos jogadores pedindo para que quem não fosse apoiar o Leão, ficasse em casa. E mais um episódio controverso aconteceu na última quarta-feira (01), no embarque do time para a partida.

Perguntado sobre um suposto distanciamento entre torcida e elenco, o técnico Enderson Moreira não acredita em uma separação, e ressaltou a vontade do time em sair com um resultado positivo. “Nós agradecemos demais o nosso torcedor. A gente correu até o último instante. Sinceramente, mais do que falar e fazer média com torcida, eu acho que os jogadores correram até o último instante, até os 53 o segundo tempo, e nós estamos correndo tentando empatar o jogo, tentando buscar o resultado. Acho que é isso é o que mais representa nosso respeito, por quem veio aqui e quem tá assistindo de longe”, destacou.

Sobre sair do estádio sem cumprimentar os torcedores, Enderson tentou justificar a atitude. “Não tem nenhum tipo de situação. A gente agradece muito, a gente tava simplesmente muito chateado com o resultado, alguns jogadores já vieram direto para o vestiário porque todos estão indignados e muito chateados, mas não tem de maneira alguma o nosso torcedor, é um torcedor que a gente respeita muito”, pontuou. 


Sobre o momento tenso no aeroporto envolvendo Vagner Love, o treinador preferiu tratar como um acontecimento pontual e convocar a torcida para o próximo jogo. “O que aconteceu no aeroporto, não foi a torcida do Sport. Foram alguns torcedores, e a gente sempre recebeu muito o apoio do Sport. Independente de qualquer situação, eu acho que o torcedor tem que comparecer, agora são dois jogos em casa, três decisões. Apesar das dificuldades, está perto, de a gente poder conquistar esse acesso”, declarou.


O Sport agora se prepara para mais um confronto direto dentro de seus domínios. O Leão irá encarar o Atlético Goianiense, que vem em ascensão meteórica dentro da segundona, e é comandado por um velho conhecido da torcida rubro-negra: o técnico Jair Ventura. A partida será na próxima sexta (10), na Ilha do Retiro, às 21:30.


Nenhum comentário:

Postar um comentário