GIF Patrocinador

GIF Patrocinador

segunda-feira, 15 de janeiro de 2024

DE ONDE VEM TANTO DINHEIRO?

Gayer desafia censura a vídeo dos sinais exteriores de riqueza de filho de ministro

Extração rede social X. onde o deputado goiano compartilhou vídeo censurado pela Justiça.


‘Para ajudar a justiça no Brasil’, ironizou o deputado


O deputado federal Gustavo Gayer (PL-GO) compartilhou o vídeo em que Felipe Brandão, filho do ministro do STJ, Benedito Gonçalves, ostenta itens de luxo com valores surreis e impraticáveis para a maioria dos brasileiros.

“Só pra ajudar a nossa eficiente justiça no Brasil, esse é o vídeo que você está proibido de compartilhar”, ironizou o deputado ao compartilhar o conteúdo censurado das redes sociais por determinação da Justiça do Rio de Janeiro.

Em vez de mandar investigar os sinais exteriores de riqueza de Felipe Brandão, filho do ministro do STJ (Superior Tribunal de Justiça) Benedito Gonçalves, conhecido pelas relações com o presidente Lula (PT), a juíza Flávia Babu, preferiu censurar o vídeo.  O DP mostrou que o capital social do empresário não daria para custear metade do valor pago por ele nas pulseiras da marca Catier. 

Enquanto as empresas de Felipe somam o capital social de R$ 41 mil,  filho do ministro Benedito Gonçalves, que tem relações explícitas com o presidente Lula, exibiu na internet relógio de R$1,3 milhão. Confira o detalhamento dos luxos de Luís Felipe. 

Uma pulseira Vab Cleef que é percebida no punho esquerdo de Felipe, idêntica a uma peça exibida pela mulher ao seu lado, custa 4.500 dólares cada, 9.000 no total, ou R$45 mil.

O empresário usava, entre outras peças, uma jaqueta Prada comercializada no Brasil por mais de R$17 mil, uma bolsa Dior avaliada em cerca de R$13 mil, duas pulseiras Cartier, uma avaliada em R$85,5 mil e outra no valor de R$ 58 mil.

Deborah Sena

Nenhum comentário:

Postar um comentário