GIF Patrocinador

GIF Patrocinador

terça-feira, 9 de janeiro de 2024

'ESSE É O DESGOVERNO LULA

Mourão critica gasto de Lula com ‘Museu da Democracia’

Senador Hamilton Mourão (Republicanos-RS) critica investimento de Lula em Museu da Democracia.(Foto: Marcelo Camargo/Agência Brasil)


Ele questionou R$40 milhões para um “Museu da Democracia” e criticou evento desta segunda


O ex-vice presidente do Brasil e atual senador Hamilton Mourão (Republicanos-RS) criticou a criação do Museu da Democracia, no último domingo (07). Além disso, Mourão classificou a ação do presidente Luiz Inácio Lula da Silva de fazer um evento em memória dos atos de vandalismo do 8 de Janeiro como “uma grande chanchada”. 

Por meio das redes sociais, o senador de oposição questionou o valor de R$40 milhões para a criação do Museu da Democracia. Hamilton Mourão disse que “40 milhões para o Museu da Democracia e o povo sem acesso à saúde. Esse é o desgoverno Lula. Amanhã teremos uma chanchada”. 

O governo Lula cedeu um terreno na Esplanada dos Ministérios, em Brasília, para a construção do Museu da Democracia. “Após várias tratativas entre o MinC e a Secretaria de Patrimônio da União (SPU), foi definido que o Museu será construído no setor cultural, lado Norte da Esplanada dos Ministérios, ao lado do Teatro Nacional Claudio Santoro”, destaca o Ministério da Cultura. “O terreno já foi disponibilizado e, nos próximos dias, será formalizada a destinação para o devido fim.”

Segundo o governo, o museu irá receber a verba de R$40 milhões em investimentos, por meio do Programa de Aceleração do Crescimento. Após a efetivação do terreno, o Ministério da Cultura e o Instituto Brasileiro de Museus devem lançar o concurso nacional para escolher o projeto arquitetônico do espaço. A obra está planejada para ter início em 2025. 

Após um ano dos atos de vandalismo e invasão dos Três Poderes, o presidente Lula organizou um evento em memória dos atos, chamado de Democracia Inabalada, ocorre nesta segunda-feira (08), no Senado. 

Lula enviou convite a todos os chefes de Executivos estaduais, contando com a presença de todos para transparecer o objetivo do evento de transformar o ato em uma demonstração de união nacional.  No entanto, Governadores de oposição como Tarcísio de Freitas (REP-SP), Ratinho Jr. (PSD-PR), Jorginho Mello (PL-SC) e outros não compareceram ao evento. O presidente Lula afirmou por meio das redes sociais que o evento servirá como um grito em defesa da liberdade e da democracia.

Danyelle Silva

Nenhum comentário:

Postar um comentário