GIF Patrocinador

GIF Patrocinador

sábado, 13 de janeiro de 2024

FARRA DO PT COM O DINHEIRO DO POVO

Lambança de ministro faz Receita advertir contra farras com dinheiro público

Três assessores da Secretaria-Geral da Presidência tiveram passagens com destino a Aracaju (SE) e diárias pagas pelo governo, enquanto o ministro Márcio Macedo, festejava no Pré-Caju. (Foto: Reprodução/Redes Sociais).


No mesmo dia em que se tornou pública a farra de servidores da Secretaria Geral da Presidência da República, que esbanjaram com verba pública no carnaval fora de época de Aracajú, a Receita Federal colocou na intranet alerta sobre convites para participar de “festividades, camarotes e desfiles de carnaval”. Em um dos tópicos, destacou o código de conduta de agentes públicos vedando aceitação de mimos de empresas ou entidades com eventual interesse em decisão do órgão.

Nunca é demais

No “Momento da Ética”, a Receita lembra normas sobre probidade, como “distância social” de fornecedores e prestadores de serviço.

Público e particular

No texto, o primeiro informativo do ano, o órgão lembra o óbvio: “a função pública se integra na vida particular do servidor público”.

Código de conduta

O documento ainda traz o alerta, em letras garrafais: “curta o carnaval sem conflitos de interesse!”.

Sindicância

A farra da turma de Macêdo custou R$18,5 mil, mas ninguém será punido: apenas devolverão o dinheiro público desperdiçado. A conferir.

Rodrigo Vilela

Nenhum comentário:

Postar um comentário