GIF Patrocinador

GIF Patrocinador

terça-feira, 9 de janeiro de 2024

JANEIRO DE GRANDES ESPETÁCULOS

Janeiro de Grandes Espetáculos inicia nesta terça-feira; confira programação

'Retratos Imorais' é estrelado pelo ator baiano João Guisande (Crédito: Diney Araújo )


Montagem solo Retratos Imorais, baseada em contos de Ronaldo Correia de Brito, abre a 30ª edição do JGE

A convergência de linguagens e gêneros da dramaturgia sobe ao palco na maior celebração teatral em Pernambuco. De hoje até o próximo dia 31, a 30ª edição do Janeiro de Grandes Espetáculos (JGE) reúne produções locais, nacionais e internacionais com reencontros, emoções, comoções e muitos aplausos. A agenda de espetáculos contempla uma centena de sessões para 90 montagens, entre apresentações inéditas e reprises, que ajudam a contar a própria história do festival e das artes cênicas no estado. As entradas, que variam de R$ 15 a R$ 90, estão disponíveis para retirada na plataforma Sympla. 

O solo premiado Retratos Imorais, protagonizado pelo baiano João Guisande e dirigido por Moncho Rodriguez, estreia no Recife e dá largada à maratona cênica, às 19h30, no Teatro de Santa Isabel. Inspirado nos contos Mãe Fuligem de Candeeiro e Mãe numa Ilha Deserta - ambos assinados por Ronaldo Correia de Brito - o espetáculo apresenta duas personagens com vivências e energias divergentes. “Fazer um monólogo já é um desafio, não é para qualquer ator ou atriz. E ter, dentro do mesmo espetáculo, dois personagens totalmente diferentes é um desafio dobrado”, comenta Guisande, eleito melhor ator pelo papel no Prêmio Braskem de Teatro 2018.

Após Retratos Imorais, a agenda de espetáculos segue a pleno vapor ao longo desta semana. Na sexta (12), o Janeiro apresenta, no Teatro de Santa Isabel, peça estrelada por uma das homenageadas desta edição: a atriz pernambucana Fabiana Karla. A comédia musical Nessa Mesa de Bar, que também possui Leandro da Matta em cena, explora o universo da boemia e, para isso, incorpora Garçom - um dos clássicos mais icônicos e tocados do Rei do Brega, Reginaldo Rossi, nos bares pernambucanos.

Fabiana Karla, uma das homenageadas desta edição, é atração em 'Nessa Mesa de Bar' ao lado de Leandro da Matta (Crédito: Daniel Chiacos)
Fabiana Karla, uma das homenageadas desta edição, é atração em 'Nessa Mesa de Bar' ao lado de Leandro da Matta (Crédito: Daniel Chiacos)
 
O espetáculo volta a ser encenado no sábado (13), quando o festival apresenta o inédito Novos Velhos Corpos, do Coletivo 50+ (Porto Alegre), instigante fusão de dança, música e teatro sobre etarismo e longevidade. Concebido e protagonizado por bailarinos e coreógrafos com mais de 50 anos de idade, ocupa o Teatro Hermilo, celebrando a resiliência e a expressividade dos artistas maduros, que desafiam as limitações impostas pela idade e pelas circunstâncias adversas para abordar o corpo e as histórias que ele conta.
Babilônia Tropical - A Nostalgia do Açúcar (SP) e Cúmplices - Transgressões de um Ricardo III (Salvador/Recife) completam a lista de espetáculos teatrais nacionais oferecidos entre os próximos dias 9 e 14. 

Quatro montagens pernambucanas serão apresentadas para o público adulto: O Peru do Cão Coxo (Centro de Criação Galpão das Artes), de Limoeiro, e os recifenses Tudo sobre o Amor (Clímax Coletivo de Teatro), A Última Volta do Ponteiro (Cobogó das Artes) e Aldeias - Experimentos do Corpo Ancestral (Paó Produção e Comunicação).
MÚSICA, CIRCO, DANÇA  
 Entre os destaques musicais da semana que abre alas para a intensa programação do Janeiro, Lia de Itamaracá é o maior deles. Patrimônio pernambucano e homenageada desta balzaquiana edição do festival, a cirandeira fará de seu show um mergulho nas tradições litorâneas da cultura popular nordestina, sem deixar de soprar a brisa dos novos tempos e beats do Nordeste. Ainda na programação musical da primeira semana, o Janeiro amplificará as vozes de Márcia Pequeno cantando as vozes femininas do Brasil, Mário Alves homenageando Ney Matogrosso, e Cássio Sette no show “Lucidez”.0
 
Lia de Itamaracá fará apresentação icônica na sexta-feira (Crédito: Ytallo Barreto)
Lia de Itamaracá fará apresentação icônica na sexta-feira (Crédito: Ytallo Barreto)
 
Os espetáculos circenses "Mary En Virtual Mood" e “Afrologia”, além de “Berlim”, solo do bailarino Dielson Pessoa, estão na programação, garantindo diversidade aos seis primeiros dias da maratona cênica.

As plateias do futuro também terão cadeira cativa nesta semana de estreia. No domingo (14), três peças infantis convidarão as crianças a prestigiar o teatro feito em Pernambuco: As Aventuras de Simba (L. A. Espaço Artístico e Cultural), O Pequeno Príncipe (Cênicas Cia de Repertório) e Os Títeres de PorreteTragicomédia de Dom Cristóvão e Sinhá Rosinha (Grupo Tiritando). Da Paraíba, vem Histórias de Lua e Sol (Cia do Prato). 

No Teatro Arraial Ariano Suassuna, estão agendadas duas leituras dramatizadas esta semana. “Véu”, conto do livro O Amor das Sombras, de Ronaldo Correia de Brito; e Passe em Casa, de João Luiz Vieira, com direção de Suzana Costa.

Por: Allan Lopes

Nenhum comentário:

Postar um comentário