GIF Patrocinador

GIF Patrocinador

domingo, 14 de janeiro de 2024

MUDANÇA NO SISTEMA

TSE muda sistema de registro depois de ''filiação'' de Lula ao PL

Crédito: Deiviane Linhares/Especial Metrópoles (A suposta falsidade ideológica acabou antecipando os planos do TSE)


O novo sistema será executado por meio do e-Título e exigirá biometria cadastrada na Justiça Eleitoral

O Tribunal Superior Eleitoral (TSE) vai lançar sistema de filiação partidária com dupla autenticação. Uma nova etapa de atualização do Sistema de Filiação Partidária, o Filia, estará disponível a partir do início de fevereiro com o uso do chamado segundo fator de autenticação, por meio do e-Título. 

Na última semana, um problema na filiação do presidente da República, Luiz Inácio Lula da da Silva (PT), ensejou abertura de inquérito pela Polícia Federal.


Lula foi filiado ao Partido Liberal (PL), do ex-presidente Jair Bolsonaro. Para fazer a mudança de partido, hoje, é necessário ter uma senha especial, um cadastro na Justiça Eleitoral. O TSE identificou que, no caso de Lula, a senha usada para fazer a mudança foi da advogada Ana Daniela Leite e Aguiar, do PL. Contudo, ainda não é possível afirmar se foi ela quem fez a alteração ou se o cadastro foi usado por terceiros.

Nenhum comentário:

Postar um comentário