GIF Patrocinador

GIF Patrocinador

segunda-feira, 22 de janeiro de 2024

NÁUTICO - PODE IR PARA A JUSTIÇA

Após FPF negar pedido de adiamento de jogo entre Náutico e Central, Timbu pode acionar TJD-PE

Estádio do Lacerdão - Foto: Divulgação


Posicionamento dos clubes acontece após o Santa Cruz também entrar com pedido para remarcação do confronto perante o Retrô. Ambos jogos estão programados para a quarta (24)



 Após o Santa Cruz solicitar a remarcação de data da partida contra o Retrô, anteriormente agendada para ocorrer na quarta (24), no Arruda, pelo Campeonato Pernambucano, foi a vez de Náutico e Central entrarem com um pedido para adiar o confronto perante o Central, também programado para ocorrer na mesma data, mas no Lacerdão. A Federação Pernambucana de Futebol (FPF), porém, negou o pedido. Decisão que faz o Timbu planejar entrar no Tribunal de Justiça Desportiva (TJD-PE) para conseguir o adiamento.

Uma das motivações para a mudança é fazer com que Náutico e Central tenham também a mesma semana livre de jogos que Santa Cruz e Retrô, já que o Tricolor é o próximo adversário do Timbu no Estadual, assim como a Fênix também será a futura desafiante da Patativa. Ambos embates serão no fim de semana. A partida entre a Cobra Coral e o time de Camaragibe ficou para o dia 15 de fevereiro.

"Entramos junto com o Central para conseguir esse adiamento, mas a FPF negou citando a questão de essa partida ser o jogo da televisão. Acontece que tanto Náutico e Central seriam prejudicados, enquanto Santa Cruz e Retrô sairiam beneficiados. Por isso, vamos entrar com uma ação no TJD, já que o estatuto diz que, se os dois clubes entram em comum acordo para remarcar uma partida, a federação não teria poder para vetar", afirmou o diretor do Timbu, Thiago Dias.

Via mensagem, o presidente da FPF, Evandro Carvalho, se pronunciou sobre o caso. "Esse jogo não pode ser adiado por ser o jogo da televisão detentora dos direitos de transmissão e pelo fato de o Náutico estar na Copa do Nordeste, não tendo outra data".

Alteração de Santa x Retrô

De acordo com o presidente do Santa Cruz, Bruno Rodrigues, o pedido para adiar a partida se deu "pelo pouco tempo para venda de ingressos". Com o estádio tricolor passando por melhorias, a vistoria da Polícia Militar só deve acontecer entre terça (23) e quarta-feira (24). 

"Estamos fazendo uns reparos que foram solicitados. Só podemos vender ingressos a partir da vistoria aprovada. Essa vistoria seria feita até terça ou quarta, então teríamos pouco tempo para venda de ingressos. Já pedimos o adiamento e agora estamos no aguardo da oficialização por parte da FPF", explicou o mandatário coral. 

À reportagem, o diretor de futebol do Retrô, Gustavo Jordão, ressaltou a boa relação entre os clubes ao comentar a solicitação feita pelo Santa Cruz. O dirigente ainda detalhou que o único pedido do clube de Camaragibe foi que a nova data do confronto não prejudique o time azulino na sequência do ano. 

Por William Tavares

Nenhum comentário:

Postar um comentário