GIF Patrocinador

GIF Patrocinador

quinta-feira, 25 de janeiro de 2024

NOVAS MUDANÇAS

Após demissões na cúpula das polícias, Governo do Estado faz mais mudanças nas forças de segurança; confira

O anúncio foi feito pelo Governo do Estado, publicado no Diário Oficial (DO), nesta quinta (25) (Foto: Rafael Vieira/Arquivo DP )


Alterações nas Polícia Civil e Militar foram publicadas no Diário Oficial desta quinta (25)

Após as recentes mudanças na cúpula das Polícias Militar e Civil em Pernambuco, o Governo do Pernambuco  publicou no do Diário Oficial do Estado (DO), nesta quinta (25), uma série de mudanças nos comandos das forças de segurança. 

As medidas acontecem três dias após a governadora Raquel Lyra (PSDB) demitir o comandante-geral da PM, o coronel Tibério César, e a chefe da Polícia Civil, a delegada Simone Aguiar, de seus respectivos cargos. 

O ex-comandante da PM foi substituído pelo coronel Ivanildo Cesar Torres. Já a ex-gestora da Polícia Civil foi substituída pelo delegado Renato Rocha.

O novo chefe da Polícia Civil, o delegado Renato Rocha, será empossado na noite desta quinta (25), em cerimônia que acontecerá no Palácio do Campo das Princesas, sede do Poder Executivo Estadual, na área Central do Recife. 

Já o novo comandante da PM, Ivanildo Cesar, tomará a frente da nova função na manhã desta sexta (26), em transmissão de cargo, no Quartel do Derby, sede da corporação, no Derby, também na área Central da capital. 

Mudanças

De acordo com o Diário Oficial (DO) desta quinta, anunciou a troca no subcomando da PM, no qual o subcomandante da corporação, coronel Marcos Aurélio Ramalho de Souza foi exonerado. Em seu lugar, assume o coronel Cláudio Ricardo Gonçalves Lopes. 

Já na Polícia Civil, o subchefe Mauro Cabral foi substituído pela delegada Beatriz Leite. Ela era gestora do Diretoria Integrada Metropolitana (DIM), onde em seu lugar assume o delegado Paulo Gondim. 

Também houveram mudanças nas diretorias da Secretaria de Defesa Social (SDS). Uma delas foi na Gerência Geral de Análise Criminal e Estatística (GACE). Neste setor, sai o tenente-coronel Jonas Sobral Moreno e assume no lugar dele Thyndalle Brainer de Andrade. 

Mudança no comando da SDS

Outra mudança que ocorreu durante o primeiro mandato da governadora Raquel Lyra foi a troca no comando da SDS.

Em 1º de setembro de 2023, a então secretária titular da pasta, Carla Patrícia Cunha, foi substituída por Alessandro Carvalho, o atual gestor da pasta. 

À época, antes de Carvalho assumir, o Estado somava entre os meses de janeiro a agosto um total de 2.402 Mortes Violentas Intencionais (MVIs). 

Balanço da violência

Dez assassinatos por dia em Pernambuco. Essa foi a média de homicídios na série histórica de 2023, com os dados contabilizados e fechados pelo Governo do Estado entre o mês de janeiro a dezembro de todo o ano passado. 

O site oficial da Secretaria de Defesa Social (SDS), publicado no dia 7 de janeiro, os dados que apontam que o registro é de 3.632 Mortes Violentas Intencionais (MVI) em 365 dias.

MVI é a nomenclatura que engloba assassinatos e vários outros tipos de mortes violentas, inclusive as que envolvem ações policiais. 

Se comparado ao mesmo período de 2022, o aumento de casos foi de 6,2%.
 
De janeiro a dezembro de 2022,  foram registrados 3.418 mortes violentas. 

Foram 214 homicídios a mais no comparativo com a série histórica nos dois anos. 
 
A média diária de homicídios em todo o ano de 2023 fechou em 9,9 casos por dia.
Isso acontece levando  em conta o total de 3.632 assassinatos compreendidos nos 365 dias do ano. 

O aumento foi de 0,6 pontos se comparado com a média de 2022, que foi de 9,3 assassinatos por dia.
Foram 3.418 assassinatos compreendidos nos 365 dias daquele ano.


Nenhum comentário:

Postar um comentário