GIF Patrocinador

GIF Patrocinador

quarta-feira, 17 de janeiro de 2024

REDAÇÃO DO ENEM

''Nota mil é resultado de persistência'', diz pernambucano que atingiu nota máxima na redação do Enem

O estudante pretende ingressar no curso de Ciências Biológicas em uma universidade pública (Foto: Reprodução/Arquivo Pessoal)


Igor da Silva, de 23 anos, mora na cidade de Escada e pretende cursar Ciências Biológicas em uma universidade pública

O Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais Anísio Teixeira (Inep) divulgou nesta terça-feira (16) que 60 estudantes conseguiram alcançar a nota mil na redação do Exame Nacional do Ensino Médio (Enem). O pernambucano Igor Kleyverson da Silva, de 23 anos, foi um dos alunos que atingiu a nota máxima. No estado, apenas duas pessoas conseguiram a nota máxima.

Natural da cidade de Escada, na Mata Sul do estado, o estudante é filho de um serralheiro e de uma merendeira. Igor destacou que alcançou o objetivo após quatro anos tentando alcançar notas satisfatórias no Enem. “Quem quiser tirar uma nota mil basta não desistir. Nota mil é resultado de persistência e não de ser bom por natureza”, ressaltou.

Igor Silva soube do resultado através da namorada e contou que não acreditou quando foi informado sobre a nota da redação. “Eu disse para ela atualizar o site para ver se a nota era aquela mesmo e quando ela confirmou, saí chamando meu pai e minha mãe. Foi aquela festa”, contou

O estudante pretende ingressar no curso de Ciências Biológicas na Universidade Federal de Pernambuco (UFPE) ou na Universidade de Pernambuco para ser professor. “Sempre gostei do ambiente escolar e desde novo nunca quis me afastar deste espaço. Eu tive incentivo de um professor de biologia e decidi que é isso que quero para a minha vida”, contou.

A redação do Enem é um dos principais receios dos vestibulandos, uma vez que ela possui grande peso na hora de conseguir uma vaga em um curso superior. Muitos estudantes recorrem a táticas de estudo e se matriculam em cursos preparatórios a fim de alcançar notas maiores. “A principal diferença na minha rotina de estudos está no cursinho. Este foi meu primeiro ano. No ano anterior eu tive várias dificuldades e neste ano todas as minhas notas aumentaram, mas se destacaram a da redação, de matemática e de linguagens”, destaca o pernambucano.
 
"Igor era um aluno muito dedicado e tinha muito interesse nas aulas de redação. No Enem 2022, obteve 620 e com muita dedicação e esforço chegou ao 1000", destacou o professor de redação Luiz França.  

Número de redações nota mil em 2023 supera o de 2022

O número de estudantes que alcançaram a nota máxima na redação saltou de 18, em 2022, para 60, em 2023, de acordo com o Inep. Destes 60 alunos, apenas quatro candidatos são da rede pública de ensino, sendo que 40% do total dos estudantes que participaram do exame nacional são da rede pública.

Os resultados do maior vestibular do Brasil foram divulgados na manhã desta terça-feira (16) e os vestibulandos podem conferir a nota por meio da Página do Participante, utilizando o login único da plataforma gov.br.

De acordo com o Ministério da Educação (MEC), as notas dos chamados treineiros, candidatos que participaram do exame em busca de autoavaliação, serão divulgadas somente em março. Já o espelho com a avaliação das redações será disponibilizado em 90 dias. 
Estudantes relatam instabilidade no site do Inep

Candidatos que fizeram o Enem 2023 relataram dificuldades ao acessar  o site do Inep para conferir as notas do exame. A informação divulgada pelo instituto é de que as notas estariam disponíveis às 10h30 desta terça-feira, mas muitos estudantes não conseguiram entrar na Página do Participante.

O vestibulando que ainda não conseguiu ver a nota pode atualizar a página e limpar o cache do navegador. 

Além de avaliar o desempenho escolar dos estudantes ao término da educação básica, o Enem é a principal porta de entrada para a educação superior no Brasil, por meio do Sistema de Seleção Unificada (Sisu) e de iniciativas como o Programa Universidade para Todos (Prouni). 

Os resultados também são utilizados como critério único ou complementar dos processos seletivos, além de servirem de parâmetro para acesso a auxílios governamentais, como o Fundo de Financiamento Estudantil (Fies).
 
Alunos do 3º ano vão receber incentivo financeiro para fazer Enem 
 
Alunos do 3º ano do ensino médio vão receber incentivo financeiro para participar do Enem. a informação foi divulgada nesta terça-feira pelo ministro da Educação, Camilo Santana.
 
 A iniciativa prevê uma espécie de bolsa-poupança para que estudantes de baixa renda concluam o ensino médio. “Posso adiantar aqui que haverá também um incentivo para o jovem que fizer o Enem.” 
 
“Vai ser uma forma de estimular o jovem regular do ensino médio que vai receber esse auxílio financeiro nos 3 anos do ensino médio, mas, no último ano, no 3º ano, ele vai receber um percentual, um valor para fazer a prova do Enem”, explicou. 

Dados da pasta mostram que cerca de metade dos estudantes que estavam concluindo o ensino médio em 2023 participaram da última edição do Enem. Outro agravante, segundo Santana, é que, dentre os que se inscreveram, muitos não chegaram a fazer a prova. Dos 1,4 milhão de concluintes do ensino médio que se inscreveram para o exame, apenas 1 milhão participaram efetivamente. 

Nenhum comentário:

Postar um comentário