GIF Patrocinador

GIF Patrocinador

quinta-feira, 25 de janeiro de 2024

SANTA CRUZ - JOGOS COMO MANDANTE

Média do G6 do Estadual aponta que Santa pode garantir vaga ao mata-mata apenas com vitórias em casa

Torcida do Santa Cruz, no Arruda - Foto: Evelyn Victoria/Santa Cruz


Tricolor ainda tem pela frente mais três jogos como mandante, enfrentando Náutico, Retrô e Afogados



Ninguém do Santa Cruz esconde que a primeira meta no Campeonato Pernambucano 2024 é terminar ao menos entre os seis primeiros colocados, situação que permite sonhar com vagas nas Copas do Nordeste do Brasil em 2025, além, claro, de seguir com chances de obter um lugar na Série D. Para assegurar um espaço no G6, o Tricolor pode precisar apenas fazer o dever de casa.

O atual regulamento do Pernambucano, com a formação do hexagonal tendo os dois primeiros colocados classificados diretamente para as semifinais, além do terceiro ao sexto passando para as quartas de final, começou em 2020. No ano em questão, o Afogados ficou em sexto ao alcançar 13 pontos. Nas duas temporadas seguintes, Vera Cruz (2021) e Caruaru City (2022) precisaram de menos, fazendo 11 e 12 respectivamente.

Em 2023, o Pernambucano teve 13 participantes ao todo, o que fez a média do sexto colocado subir. O Salgueiro, último colocado do grupo do G6, fez 16 pontos. 

Pegando os números de 2020 a 2022, a média geral ficaria em 12 pontos. O Santa Cruz tem atualmente seis pontos após três rodadas disputadas. Todos os pontos conquistados foram como mandante, ganhando de Flamengo de Arcoverde e Maguary. A única derrota foi como visitante, no Clássico das Multidões, contra o Sport, na Arena de Pernambuco. 

Até o término da primeira fase, o Santa Cruz terá pela frente, em casa, confrontos contra Náutico, Retrô e Afogados. Se permanecer com os 100% de aproveitamento em seus domínios, chegará aos 15 pontos - mais do que suficiente para disputar o mata-mata.

Por William Tavares

Nenhum comentário:

Postar um comentário