GIF Patrocinador

GIF Patrocinador

quinta-feira, 25 de janeiro de 2024

SANTA CRUZ - REPOSIÇÃO DE PEÇAS

Santa busca reposição para vaga de Willie e mais dois reforços para a temporada

Francisco Sales, gerente de futebol do Santa Cruz                                                                                                                                                                                                             - Foto: Ricardo Fernandes/ Folha de Pernambuco


Francisco Sales explicou que o clube ainda pretende trazer mais peças antes do término do Pernambucano, mas esbarra no prazo curto



Mesmo com um calendário enxuto e pouco tempo até o término do Campeonato Pernambucano, o Santa Cruz segue no mercado com o intuito de se reforçar. Necessidade que aumentou após a saída do atacante Willie, que rescindiu contrato com o clube após ato de indisciplina. De acordo com o gerente de futebol do Tricolor, Francisco Sales, mais três peças podem desembarcar no Arruda.

“Trouxemos 20 atletas, incorporamos alguns, tendo um total de 30. Hoje, temos 18 contratados após as baixas de Matheus Matias (que deixou o clube após problema cardíaco) e Willie. Vamos buscar repor. Não é fácil. Temos seis jogos garantidos, mas sem o segundo semestre. Hoje não podemos oferecer nem o mínimo de três meses (de contrato) porque já seria depois do término do Pernambucano. Temos que fazer um pacote de dois meses. É complexo, mas estamos em busca. Não vamos trazer por trazer. Queremos atletas para qualificar o grupo que está montado e que tem qualidade, com desempenho satisfatório até então, mesmo com alguns tropeços”, afirmou.

Além de mais um atacante, Sales apontou as outras posições que o Santa pretende focar no mercado. “A ideia é buscar um centroavante e um atacante de lado. A forma de Itamar jogar, com dois extremos, abre a necessidade de mais um atacante. Também queremos um volante. Temos Lucas Siqueira, Caio, Lucas e Carlos. Precisaríamos de mais um, de mais pegada, para ter o grupo fortalecido e buscar os objetivos em 2024”, declarou.

O gerente também evitou entrar em detalhes sobre a saída de Willie. Segundo informações do Globo Esporte, o jogador teria agredido o lateral-esquerdo Bernardo Hahn, das categorias de base. 

“Com relação à saída de Willie, por parte do clube, o que podemos nos ater é a questão que foi colocada na nota oficial. Foi feito o pedido  por parte do atleta de rescisão e a gente atendeu. Um detalhe que eu posso ressaltar é que, no Santa Cruz, o atleta que chega precisa querer estar aqui. Todos os atletas que estão aqui, os 18 que contratamos e mais os 11 que já faziam parte, têm que querer estar aqui no Santa Cruz. O presidente tem honrado os compromissos e hoje o Santa Cruz está em dia. Já foi pago o salário da carteira de janeiro, a imagem de dezembro e é por isso que a gente cobra. Existem as normas do clube e aqui eles seguem as normas”, apontou, citando o caso recente de Thiaguinho, expulso no Clássico das Multidões, contra o Sport.

“Cobramos também Thiaguinho pelo fato de ter tirado a camisa (no jogo contra o Sport). Isso não pode acontecer, ainda mais porque ele terminou sendo expulso. Eles (os jogadores) têm um regimento. Para estar aqui, tem que seguir as normas do clube. Não vamos abrir mão disso. A gente não vai abrir mão do compromisso com a instituição”, concluiu. 

Por William Tavares

Nenhum comentário:

Postar um comentário