GIF Patrocinador

GIF Patrocinador

sábado, 17 de fevereiro de 2024

AUMENTO DO DESEMPREGO PARA NEGROS E MULHERES

Sob Governo Lula, desemprego de mulheres e negros termina 2023 acima da média nacional

Foto: Marcello Casal Jr/Agência Brasil


A taxa de desocupação de mulheres e negros (conjunto de pretos e pardos) terminou 2023 acima da média nacional. Os dados fazem parte da Pnad Contínua, divulgada pelo IBGE nesta sexta-feira (16).

Segundo o IBGE, enquanto o Brasil alcançou o índice de 7,4% no último trimestre de 2023, a taxa das mulheres ficou em 9,2%. Já a dos homens, 6%.

A comparação significa que o desemprego das mulheres é 53,3% maior que o dos homens, de acordo com o instituto.

A diferença já foi de 69,4% no 1º trimestre de 2012, quando começou a série histórica do IBGE. A menor discrepância registrada foi de 27% no 2º trimestre de 2020, durante o Governo Bolsonaro.

Segundo o IBGE, pelo prisma de cor da pele, a população branca apresentou taxa de desemprego de 5,9%, enquanto a de pretos (8,9%) e pardos (8,5%) superou a média nacional.

De acordo com o órgão, a diferença entre os grupos é praticamente igual à do início da série histórica, quando a taxa dos brancos era de 6,7%, a dos pretos correspondia a 9,7%, e a dos pardos, a 9,2%. A média nacional atingia 8% na época.

Nenhum comentário:

Postar um comentário