GIF Patrocinador

GIF Patrocinador

sábado, 17 de fevereiro de 2024

CAMPEONATO PERNAMBUCANO

Com gol de Alan Ruiz, Sport vence o Porto e já se garante nas semifinais do Estadual

Gol da vitória foi marcado por Alan Ruiz (Foto: Rafael Vieira/DP Foto)


Leão fez jogo controlado e criou grande volume de jogo, mas parou em grandes defesas de João Ciriaco


Com time alternativo, o Sport dominou e venceu o Porto por 1x0, na Arena de Pernambuco, pela penúltima rodada do Campeonato Pernambucano. Apesar do placar magro, o Leão criou grande volume de jogo, mas parou em grandes defesas de João Ciriaco. O gol da vitória foi marcado por Alan Ruiz.

O resultado aumenta a vantagem do Sport na liderança do Campeonato Pernambucano, chegando aos 21 pontos. O Leão já está matematicamente garantido na semifinal do Estadual.

Já o Porto precisará de um verdadeiro milagre para não ser rebaixado. Vice-lanterna, com três pontos, o Gavião do Agreste precisa torcer contra o Petrolina para fugir da queda.

O Leão volta a campo nesta quarta-feira (21), às 21h30, quando recebe o Fortaleza, na Arena de Pernambuco, pela quarta rodada da Copa do Nordeste.

O Porto só volta a jogar no próximo sábado (24), 16h30, quando enfrenta o Petrolina, pela última rodada do Pernambucano, no Paulo Coelho

O JOGO

O placar pequeno pode soar como equilíbrio, mas o jogo foi quase de um monólogo do Sport. O Leão fez valer o mando de campo e a superioridade técnica, controlando a partida e sofrendo poucos sustos. As melhores oportunidades do Porto foram explorando erros dos mandantes, mas o time caruaruense não conseguiu obter êxito nos contra-ataques.

Apesar do domínio rubro-negro, foi o Porto quem começou dando as cartas na Arena de Pernambuco. Aproveitando erro do ataque do Sport, o Gavião do Agreste engatou a quinta marcha num contra-ataque, mas João Gabriel bateu fraco para a linha de fundo, aos 5 minutos.

A resposta leonina não tardou, e dois minutos depois Arthur Caíke fez boa jogada e cruzou na primeira trave para Zé Roberto, que limpou a defesa, mas foi travado pela zaga do Porto na hora da batida.

Aos 11 minutos de jogo, o árbitro levantou a Arena de Pernambuco ao assinalar pênalti para o Sport, mas voltou atrás em lance polêmico. Ele havia interpretado a dividida entre Zé Werison e Zé Roberto como lance de penalidade e chegou a apontar para a marca do pênalti, mas recuou após conversar com o assistente Wagner Cabral.

Zé Roberto voltou a ser um dos protagonistas do Leão pouco tempo depois, aos 22, mas desta vez para fazer a Arena de Pernambuco vibrar de vez. O Sport fez boas trocas de passes e o atacante mandou um passe teleguiado para deixar Alan Ruiz na cara do gol. O argentino não desperdiçou, bateu na saída de João Ciriaco e marcou o gol da vitória leonina.

O primeiro lance de perigo do Porto veio aos 30 minutos. O Gavião do Agreste cobrou escanteio e, na sobra, Adão bateu colocado de fora da área, forçando uma grande defesa de Thiago Couto.

Apesar da superioridade no placar, o Sport seguiu martelando o time caruaruense, mas criou poucos lances de perigo. Em sua maioria, finalizações de fora da área.

O Leão “tirou o pé” durante boa parte do segundo tempo. Os rubro-negros perderam a intensidade apresentada durante o primeiro tempo e fizeram um jogo pouco criativo. Boa parte dos lances foram semelhantes à primeira chegada do Sport na etapa final, quando Renzo arriscou de longe, aos 2 minutos, mandando por cima do gol.

Mesmo com as entradas de peças titulares no ataque, como Gustavo Coutinho e Romarinho, o Leão seguiu com pouca intensidade até o final do segundo tempo, quando passou a rondar a área do Porto. A melhor oportunidade veio justamente dos pés de Coutinho, aos 37 minutos, quando o atacante bateu colocado da entrada da área e parou em grande defesa de João Ciriaco.

FICHA DO JOGO

SPORT: 1

Thiago Couto; Rosales, Rafael Thyere, Renzo (Luciano Castán) e Riquelme (Felipinho); Fábio Matheus, Fabinho, Alan Ruiz (Fabricio Domínguez) e Lucas Lima; Arthur Caike (Romarinho) e Zé Roberto (Gustavo Coutinho). Técnico: Mariano Soso

PORTO: 0

João Ciriaco; Pietro (Luis Fabiano), José Werison, Kaio Henrique e Oziel; Edson Júnior, João Gabriel (Guilherme Ribeiro), Bruninho e Adãozinho; Robinho (Hudson) e Ivisson (Renê). Técnico: Carlos Alberto

Gol: Alan Ruiz (22’1T) (SPO)

Cartões amarelos: Lucas Lima (SPO); Edson Júnior (POR)  

Árbitro: Michelangelo Martins de Almeida

Assistentes: Ricardo Bezerra Chianca e Wagner Cabral de Miranda

Local: Arena de Pernambuco (São Lourenço da Mata/PE)

Público: 10.132

Renda: R$ 172.060,00

Nenhum comentário:

Postar um comentário