GIF Patrocinador

GIF Patrocinador

terça-feira, 6 de fevereiro de 2024

CANAVAL 2024

Operação Lei Seca será intensificada em Pernambuco

Serão mais de 60 pontos de fiscalização situados em rotas próximas aos focos de folia e nas praias (Foto: Maíra Arrais)


Haverá mais de 60 pontos de fiscalização entre os dias 8 e 14 de fevereiro

Para garantir mais segurança no trânsito durante o carnaval, o Governo de Pernambuco vai intensificar as ações da Operação Lei Seca (OLS). Junto com o Comitê Estadual de Prevenção aos Acidentes de Moto (Cepam), a Operação vai desenvolver ações de fiscalização e educação 24 horas por dia.

A Operação vai mobilizar 12 equipes diariamente e atuará em locais e rotas estratégicas para oferecer mais segurança entre os dias 8 e 14 de fevereiro. Atuarão na Operação agentes da Secretaria Estadual de Saúde de Pernambuco (SES-PE), do Departamento Estadual de Trânsito de Pernambuco (Detran-PE), do Departamento de Estradas de Rodagem (DER) e da Polícia Militar de Pernambuco (PMPE).

Serão mais de 60 pontos de fiscalização situados em rotas próximas aos focos de folia e praias dos litorais Norte e Sul, que habitualmente são destino do público nessa época. No interior, os destaques são a atuação das equipes nas festas dos Papangus, em Bezerros, no Agreste, no Maracatu Rural, no município de Nazaré da Mata, na Zona da Mata Norte do Estado, e em Pesqueira.

Ações educativas também serão promovidas nos principais polos carnavalescos. A equipe da Operação que atua na conscientização da educação no trânsito é formada por cadeirantes e muletantes, vitimados por acidentes de trânsito. Eles irão entregar materiais instrutivos para os foliões, que estão nas ruas para curtir o Carnaval.

"Carnaval é uma festa muito importante para o pernambucano. Por isso, vamos aumentar nossa capacidade para realizar uma fiscalização efetiva e repetir a estratégia de 2023, que é distribuir as blitze de forma que não haja horário sem cobertura da Lei Seca. São muitos profissionais dedicados a garantir um trânsito seguro para todos”, afirma o coordenador da OLS em Pernambuco, o tenente-coronel Hugo Alexandre da Silva. 

Neste ano, o condutor só precisa soprar no etilômetro de dentro do carro e seguir para o destino desejado, caso não tenha ingerido bebida alcoólica. "Os testes passivos são mais rápidos e permitem testar mais que o triplo de condutores, numa ação que visa principalmente tirar das ruas aquelas pessoas que ingeriram bebida alcoólica e insistem em dirigir”, completa Hugo Alexandre.

Por: Adelmo Lucena

Nenhum comentário:

Postar um comentário