GIF Patrocinador

GIF Patrocinador

quarta-feira, 7 de fevereiro de 2024

CARNAVAL 2024

Programação, esquema de segurança e trajeto: saiba tudo sobre o desfile do Galo da Madrugada

Diretoria do Galo da Madrugada anuncia todo os detalhes do desfile                                                                                                                                                                               - Foto: Genivaldo Henrique / Editoria Cotidiano / Folha de Pernambuco


Bloco começa desfile às 9h e vai barrar entrada de vasilhame em vidro



O Galo da Madrugada, maior bloco de Carnaval de rua do mundo, se prepara para abrir alas pelas ruas do Recife. O desfile, que acontece neste sábado (10), a partir das 9h, tem o tema "Reginaldo Rossi no Reinado do Frevo, em homenagem ao Rei do Brega. 

Em coletiva de imprensa na manhã desta terça-feira (6), a mesa diretora do bloco revelou algumas informações importantes sobre o Galo deste ano, como esquema de segurança, divisão das atrações e foco em sustentavilidade. Dentre os artistas, estão nomes como Elba Ramalho, Almir Rouche e Marron  Brasileiro. Há ainda convidados, como Juliette - participará de duetos -, Michel Teló, Gaby Amarantos e Vanessa da Mata - confira ao fim do texto todas atrações por trio elétrico.

Para este ano, seis carros alegóricos partem pelas ruas do Recife, além de 30 trios elétricos. A concentração acontece no Forte das Cinco Pontas, no bairro de São José, área central do Recife, e o desfile segue até a Rua do Muniz (sentido Avenida Dantas Barreto), também no Centro.

Esquema de segurança
Além do esquema de segurança para o Carnaval divulgado pela Secretária de Defesa Social de Pernambuco (SDS-PE), a direção do Galo da Madrugada enfatizou a instalação, em parceria com o Governo do Estado, de câmeras de segurança para monitoramento do percurso do Galo.

"A gente orienta todos que não venham com garrafas de vidro porque faremos a troca dos vasilhames das pontes do Centro. Também estamos instalando as câmeras para esse monitoramento completo, com salas de controle, acionamento e drones. Também teremos câmeras corporais nos agentes. É um investimento para que as pessoas possam brincar em segurança", explicou o vice-presidente do Galo da Madrugada, Rodrigo Menezes.

A diretoria também deu destaque para que os foliões tenham uma atenção redobrada para a hidratação durante o desfile. "Teremos diversos postos de saúde em vários lugares durante o trajeto, onde será possível encontrar água para se proteger mais desse calor", revelou o presidente do Galo da Madrugada, Rômulo Menezes.

Sustentabilidade como foco no Galo
De forma inédita, neste ano, o Galo da Madrugada também tem foco em sustentabilidade. Para isso, o bloco firmou parceria com a Ambipar, empresa que ficará responsável pela contabilização dos gases de carbono emitidos durante o desfile para que seja feita a compensação.

"Após fazermos a contabilização, compensaremos com créditos de carbono de energia renovável . Neste ano, teremos o primeiro Galo carbono zero da história", explicou o gerente de Negócios da Ambipar, Vinícius Hernandes.

Além disso, em parceria com a Associação Nacional de Catadores de Materiais Recicláveis (Ancat), haverá recolhimento dos resíduos sólidos do desfile para que sejam descartados da maneira correta. São exemplos alumínio, papel e plástico.

Alegorias em reverência ao Rei do Brega
De acordo com a organização, neste ano, as alegorias do Galo da Madrugada receberam uma roupagem diferenciada para homenagem a Reginaldo Rossi. Nos carros alegóricos, foram usadas como referência três músicas do cantor: "Garçom", "A Raposa e as Uvas" e "Recife, Minha Cidade". 

"Tomei a liberdade de fazer essa brincadeira para que o público possa se conectar mais com Reginaldo Rossi. Adaptei essas músicas para alegorias , com espaços recriados citados nas canções. Em Garçom, criamos um cenário de cabaré, onde as pessoas estão sentadas em um banco, bebendo e curtindo suas 'cornuras', por assim dizer", começou o artista plástico e cenógrafo do Galo, Sandro Nóbrega. 

"Em 'A Raposa e as Uvas', criamos um ambiente que remete aos bailinhos da década de 1960, retratados na música, com casais dançando, lambretas, discos, teclas de piano e, ao fundo, a imagem de uma raposa e um cacho de uvas", completou.

No carro "Recife, Minha Cidade", o artista plástico reproduziu a Ponte Duarte Coelho e suas luminárias. O cenário também conta com elementos das praias e também os casarios do Recife Antigo.

Ao todo, o 45º desfile do maior bloco do mundo envolve um total de 5 mil trabalhadores diretos na realização da festa e outros 35 mil indiretos, aproximadamente, de acordo com a organização. A expectativa atual é que 2,5 milhões de brincantes sabem pelas ruas do Recife no trajeto de 6,5 km do Galo da Madrugada de 2024.

Veja, abaixo, o roteiro detalhado do percurso:

Travessa do Forte
Forte das Cinco Pontas
Rua Imperial (sentido Praça Sérgio Loreto)
Avenida Dantas Barreto (esquina com Praça Sérgio Loreto)
Praça Sérgio Loreto (sentido Avenida Sul
Avenida Sul (sentido Afogados)
Rua Saturnino de Brito (dobrando à direita para retornar pela Rua Imperial)
Rua Imperial (voltando para a Praça Sérgio Loreto
Praça Sérgio Loreto (Sentido sede do Galo)
Rua do Muniz (sentido Avenida Dantas Barreto)
Avenida Dantas Barreto (sentido Praça da Independência)
Praça da Independência 
Avenida Guararapes (sentido Ponte Duarte Coelho)
Rua do Sol (sentido Praça da República)
Praça da República e Rua do Imperador (DISPERSÃO)
Veja, abaixo, a programação completa:

Alegorias:
Clarins
Abre-alas
Recife, Minha Cidade
A Raposa e as Uvas
O Bonde do Brega
Garçom, aqui nessa Mesa de Bar

Trios elétricos e atrações
RECIFE, MINHA CIDADE- Gustavo Travassos / convidado: Victor Camarote
MON AMOUR MEU BEM MA FEMME- Elba Ramalho / convidado: Michel Teló
A RAPOSA E AS UVAS- André Rio / convidadas: Carla Rio e Mônica Ferraz
CORAÇÃO EM FOGO- Orquestra Metais / Convidados: Ed Carlos, Kelly Oliveira e 
Tiago Asfora
FEITO DE AMOR- Geraldinho Lins / convidado: Marcelo Falcão
COR DO PECADO- Marron Brasileiro / convidado: Luciano Ferraz
AI, AMOR- Almir Rouche / convidado: Vaggy Rossi
AMOR, AMOR AMOR- Spok / Convidados: Vanessa da Mata e Almério
GARÇOM- Asas da América
EU VOU BOTAR PRA QUEBRAR- Otto / convidados: Silvério Pessoa, Isaar e China
MULHER- Orquestra 100% Mulher, Cristina Amaral e Gabi do Carmo
TÔ DOIDÃO- Maestro Forró
CORAÇÃO SAFADO- Romero Ferro / Convidada: Gaby Amarantos
DEIXA DE BANCA- Gerlane Lops / Convidados: Tony Garrido e Jades Sales
PEDAÇO DE MAU CAMINHO- Nonô Germano / Convidados: Nego Thor, Alice 
Novais e Edu Alves
LEVIANA- Michelle Melo / convidada: Fabiana Karla
EM PLENA LUA DE MEL - Nena Queiroga / convidadas: Janayna Pereira, Joanah 
Flor, Nathália Bellar, Vanessa Oliveira e Héloa
VOLTA- Bia Villa-Chan / convidados: Kelvis Duran e Mãe Nininha de Oyá
O MELHOR AMIGO MEU- Benil / convidados: Carlos Filho, Henrique Barbosa e 
Thiago Kherle
DOCE PECADO- Quinteto Violado / convidados: Tom Rossi, Bia Medeiros e Carol 
Alves
NOSSO CASO DE AMOR- Banda Som da Terra / convidada: Fabiana Santiago
AS QUATRO ESTAÇÕES - Loirão/ convidado: Léo Rossi
ERA DOMINGO- Silvana Salazar
O PÃO - Telmo Santiago
A IDADE DO LOBO - Banda Inove / convidado: Tonho Matéria
O DIA DO CORNO- Cinthia Barros / convidado: Beto Café
PRA SENTIR FELICIDADE- Gui Menezes e Orquestra Perfil / convidada: Dinah 
Santos
ITAMARACÁ- Banda Pinguim
OMBRO AMIGO- Fabiana Pimentinha/ Convidados: Liv Moraes, Marlene Andrade, 
Lídio Ricardo, João Lacerda e Leonardo Sullivan
NA HORA DO ADEUS- Orquestra Universal by maestro Lúcio Azevedo / 
convidados: Dany Rios e Renato César.

Duetos musicais do Camarote Oficial/trios elétricos, na Praça Sérgio Loreto:
Beto Rossi / Gustavo Travassos
Michel Teló / Elba Ramalho
Tony Garrido / André Rio
Marcelo Falcão / Geraldinho Lins
Gaby Amarantos / Marron Brasileiro
Fabiana Karla / Almir Rouche
Vanessa da Mata / Spok e Almério
Lula Queiroga / Asas da América
Conde Só Brega / Otto, China e Silvério Pessoa
Juliette / Maestro Forró
Gaby Amarantos / Romero Ferro
Toni Garrido / Gerlane Lops
Tono Matéria / Nonô Germano
Fabiana Karla / Michelle Melo
Conde Só Brega / Bia Villa-Chan.

Por Genivaldo Henrique

Nenhum comentário:

Postar um comentário