GIF Patrocinador

GIF Patrocinador

sábado, 10 de fevereiro de 2024

COPA DO NORDESTE

De virada, Sport vence o Treze-PB e garante a folia rubro-negra no carnaval pela Copa do Nordeste

Gustavo Coutinho (esquerda) chegou a cinco gols em todos os cinco jogos em que iniciou como titular pelo Sport em 2024 (Foto: RAFAEL VIEIRA/DP)


Gols do Leão foram marcados por Rafael Castro (contra), Gustavo Coutinho e Pedro Lima


A torcida rubro-negra terá ainda mais motivos para comemorar o carnaval sorrindo à toa. De virada, o Sport venceu o Treze-PB por 3x1, na noite desta sexta-feira (9), na Arena de Pernambuco. A partida foi válida pela 2ª rodada da fase de grupos da Copa do Nordeste. 

Todos os gols da partida foram marcados no segundo tempo. Os paraibanos saíram na frente, com o atacante Xandy. Apenas dois minutos depois, aos 19, o Leão igualou o marcador, contando com a ajuda do zagueiro Rafael Castro, que tentou desviar um cruzamento de Felipinho e acabou mandando contra a própria meta.

A virada que garantiu a folia rubro-negra no carnaval foi do matador Gustavo Coutinho. O centroavante chegou ao seu quinto gol no ano, se isolando como artilheiro do time na temporada. Nos acréscimos, brilhou novamente a estrela da joia da base: Pedro Lima. O lateral-direito marcou seu segundo gol em 2024, se consolidando cada vez mais como uma realidade.

<i>(Foto: RAFAEL VIEIRA/DP)</i>
Com o resultado, os pernambucanos vão dormir na quarta colocação do Grupo A, com três pontos somados. O time do técnico Mariano Soso, no entanto, pode perder posições, uma vez que todas as outras equipes ainda jogarão neste final de semana.

O Sport volta a campo na próxima quarta-feira (14), novamente pelo Regional. Desta vez o adversário será o Itabaiana-SE, às 19h, no Batistão, em Aracaju. Já o Treze-PB receberá o CRB no Amigão, em Campina Grande, um dia depois, no mesmo horário.
 
O JOGO

O Sport foi superior no primeiro tempo e ficou mais perto de abrir o marcador do que o Treze. Os paraibanos iniciaram a partida fazendo uma marcação alta e levou certo perigo ao goleiro Caíque França. A ousadia do Galo, no entanto, possibilitou uma série de contra-ataques ao Leão.

Os rubro-negros, no entanto, abusaram dos erros de passe no último terço de campo e não conseguiam converter as oportunidades em chances de gol. A investida mais clara aconteceu com o meia Pedro Vilhena, que quase marcou um lindo gol de cobertura, mas a bola bateu na trave.

<i>(Foto: RAFAEL VIEIRA/DP)</i>
Na volta do intervalo, o técnico Mariano Soso tentou repetir a dose que deu certo contra o Central, pela última rodada do Campeonato Pernambucano, e acionou o argentino Alan Ruiz. O Sport passou a ter mais domínio no meio de campo, articulando mais jogadas pelo meio de campo, algo pouco visto na etapa inicial.

Contrariando o que o volume de jogo indicava, foi o Treze quem abriu o placar. Em transição rápida, os alvinegros cruzaram na grande área e defesa rubro-negra rifou mal a bola, que sobrou para Xandy mandar para o fundo das redes.
 
Mas nem deu tempo de comemorar. Apenas dois minutos depois, os paraibanos marcaram novamente, mas desta vez foi contra. Rafael Castro tentou desviar um cruzamento de Felipinho e mandou para dentro da própria meta. A resposta imediata fez o Sport se inflamar na partida, empurrado pelos mais de 10 mil torcedores que compareceram à Arena, apesar do carnaval no Recife já ter começado.
 
E a pressão fez efeito. O responsável por garantir a virada foi ele, o artilheiro da temporada: Gustavo Coutinho. Oportunista, o camisa 9 surgiu por trás da zaga para aproveitar o toque de Fabrício Dominguez e fazer a festa em São Lourenço da Mata. Já nos acréscimos, ainda deu tempo de outro destaque leonino dar números finais à partida, o lateral-direito Pedro Lima. Principal promessa das categorias de base, o jogador de apenas 17 anos marcou seu segundo gol no ano e já se consolida ainda mais como realidade. Fim de jogo: Sport 3x1 Treze-PB.
 

FICHA DO JOGO: SPORT 3x1 TREZE

SPORT

Caíque França; Pedro Lima, Rafael Thyere, Luciano Castan e Felipinho. Felipe (ítalo), Lucas André (Alan Ruiz) e Pedro Vilhena (Fábio Matheus). Fabrício Domínguez (Pablo Dyego), Romarinho e Gustavo Coutinho (Zé Roberto). Técnico: Mariano Soso.

TREZE

Igor Rayan; Guilherme Lucena (Bruno Ferreira), Luis Fernando, Rafael Castro e Higor; Juninho, Roberto (Matheus Chaves) e Edmundo (Léo Cereja). Will Viana, Xandy (Rickelme) e Lucas Mineiro (Jonatha). Técnico: William de Matia.

COMPETIÇÃO: Copa do Nordeste (2ª rodada)

LOCAL: Arena de Pernambuco, em São Lourenço da Mata

GOLS:

  • Xandy, aos 17 min do 2°T
  • Rafael Castro (contra), aos 19 min do 2°T
  • Gustavo Coutinho, aos 26 min do 2°T
  • Pedro Lima, aos 47 min do 2°T

 

PÚBLICO: 10.004 torcedores

RENDA: R$ 127.515,00

CARTÕES AMARELOS: Fabrício Domingues, Gustavo Coutinho e Pedro Lima (Sport); Xandy, Guilherme Lucena, Luís Fernando e Igor Rayan (Treze)

ARBITRAGEM: Emerson Souza Silva (BA); Paulo de Tarso Bregalda de Souza e Marcus Vinicius Ferreira de Souza (ambos da BA)

Nenhum comentário:

Postar um comentário