GIF Patrocinador

GIF Patrocinador

quarta-feira, 21 de fevereiro de 2024

COPA DO NORDESTE

Sport joga bem, pressiona, mas fica na igualdade com o Fortaleza pela Copa do Nordeste

Sport 1x1 Fortaleza, na Arena de Pernambuco - Foto: Matheus Amorim/FEC
Leão saiu atrás no placar, mas conseguiu chegar ao empate no segundo tempo


 Negociar o resultado é uma coisa que o Sport não costuma fazer em 2024. Não à toa, antes de entrar em campo na noite desta quarta-feira (21), eram nove vitórias e duas derrotas na temporada. Ou oito ou 80. Diante do Fortaleza, pela quarta rodada da Copa do Nordeste, na Arena de Pernambuco, o Leão até foi superior ao adversário. No entanto, apesar da boa atuação, os mais de 25 mil rubro-negros que foram ao estádio viram o clube ficar no 1x1 com os cearenses e empatar a primeira partida no ano. 

O resultado fez o Sport subir para a vice-liderança provisória do Grupo A, com sete pontos. Com a mesma pontuação, o Fortaleza foi à primeira posição do Grupo B.

O jogo

O primeiro tempo na Arena de Pernambuco, diante de um adversário superior tecnicamente, tinha tudo para ser o melhor do Sport nesta temporada. Para se ter uma ideia, o goleiro Caíque França era um mero espectador da partida. No intuito de sufocar o Fortaleza, Mariano Soso povoou o meio-campo e a investida deu certo. Com a bola, o Rubro-negro levava perigo ao gol tricolor com frequência. Sem ela, pressionava na marcação e não demorava para recuperá-la. 

Antes dos 20 minutos, foram três ótimas oportunidades dos pernambucanos abrirem o placar. Aos 12, Alan Ruiz arriscou da entrada da área e viu João Ricardo se esticar todo para evitar o gol. Em seguida foi a vez de Gustavo Coutinho perder duas chances. Primeiro, após tabela com Lucas Lima, o camisa 9 chutou por cima. Depois, Pedro Lima achou ótimo passe, mas o centroavante finalizou cruzado para fora. 

Ainda na primeira etapa, Vojvoda fez duas modificações no seu time. Uma delas por obrigação. Se sentindo mal, João Ricardo deu lugar a Santos na meta cearense. A outra, no entanto, mudou a história do confronto. Acionado na vaga de Luquinhas, aos 35 minutos, Moisés colocou o Fortaleza em vantagem dez minutos mais tarde. Em contra-ataque fulminante, o atacante ganhou na velocidade da zaga do Sport, fintou Thyere e bateu firme para fazer 1x0. 

Satisfeito com o que viu do time na primeira etapa, Mariano Soso voltou do intervalo sem modificações. Aliás, o treinador só foi mexer na equipe a partir dos 30 minutos da etapa final com Vilhena na vaga de Domínguez. Tendo que correr atrás do placar, o Leão encontrou o Fortaleza ainda mais fechado e tinha dificuldades para incomodar o rival. 

Coutinho, duas vezes, sem muita clareza, mandou para fora. Felipinho, de falta, parou em fácil defesa de Santos. O Laion, por outro lado, seguia apostando nas saídas em velocidade, e foi o responsável pela melhor chance. De fora da área, Lucero buscou o ângulo, mas viu Caíque França desviar e a bola carimbar o travessão. n base do abafa, aos 41 minutos, o Sport foi premiado. Após cobrança de escanteio, Zé Welison segurou Gustavo Coutinho e o juiz assinalou pênalti. Na batida, o camisa 9 cobrou no canto superior esquerdo e deixou tudo igual.

Ficha do jogo

Sport 1
Caíque França; Pedro Lima, Rafael Thyere, Luciano Castán e Felipinho; Felipe, Fabricio Domínguez (Pedro Vilhena), Alan Ruiz (Títi Ortiz) e Lucas Lima; Romarinho (Arthur Caíke) e Gustavo Coutinho. Técnico: Mariano Soso. 

Fortaleza 1
João Ricardo (Santos); Tinga, Brítez, Tomás Cardona e Escobar (Titi); Pedro Augusto, Pochettino (Zé Welison) e Luquinhas (Moisés); Pikachu, Machuca (Kauan) e Lucero. Técnico: Juan Pablo Vojvoda. 

Local: Arena de Pernambuco (São Lourenço da Mata/PE)
Árbitro: Wallas Martins Lopes (MA)
Assistentes: Ivanildo Gonçalves da Silva e Rafael Costa Pinheiro (ambos do MA)
Gols: Moisés, aos 45' do 1T (FOR); Gustavo Coutinho, aos 41' do 2T (SPT)
Cartões amarelos: Luciano Castán, Felipinho (SPT); Tinga, Tomás Cardona, Lucero, Santos (FOR)

Nenhum comentário:

Postar um comentário