GIF Patrocinador

GIF Patrocinador

quarta-feira, 21 de fevereiro de 2024

COPA DO NORDESTE

Com gol sofrido nos acréscimos, Náutico fica no empate com o Vitória

Time do Náutico, em jogo contra o Vitória - Foto: Victor Ferreira/ECV

Timbu desperdiçou a oportunidade de terminar o dia na liderança do Grupo B da Copa do Nordeste



Empatar com o Vitória, no Barradão, não seria um resultado considerado ruim para o Náutico se isso fosse perguntado aos alvirrubros antes do jogo. Mas depois, no contexto criado, o gosto foi amargo. O placar de 1x1, nesta quarta (21), pela Copa do Nordeste, teve uma dose de crueldade. Os pernambucanos abriram o placar, mas tomaram o gol de empate nos acréscimos do segundo tempo. O Timbu está em quarto no Grupo B, com cinco pontos. 

O Náutico volta a campo agora no sábado (24), contra o Sport, nos Aflitos, pela última rodada do Campeonato Pernambucano. No nordestão, o clube joga somente no dia 5 de março, perante o River.

O jogo

Com um time bastante modificado em todos os setores, o Náutico foi ao Barradão em busca do segundo triunfo na Copa do Nordeste. Resultado que poderia reduzir os danos dos dois tropeços em casa, no 0x0 diante do Ceará e a derrota por 1x0 para o Botafogo-PB. Favorito no encontro, o Vitória veio embalado após superar o rival Bahia por 3x2, no clássico pelo Campeonato Baiano.

“saber sofrer” do Náutico ao enfrentar um adversário de Série A não se limitava em jogar apenas na defesa. Ainda que em menor frequência, o Timbu explorou alguns contra-ataques, principalmente pelo lado esquerdo, mas sem criar uma chance real de perigo.

Para segurar o Vitória, o Náutico teve de carregar o ônus de fazer muitas faltas e ter três jogadores amarelados antes dos 30 minutos. Os visitantes, pacientes, souberam gastar o tempo para levar o 0x0 para o intervalo.

Para recomeçar o jogo com ainda mais paciência, o Náutico tratou de abrir o placar. Antes do primeiro minuto, Arnaldo avançou pela direita e cruzou na medida para Evandro cabecear no canto de Muriel e fazer a festa dos alvirrubros que estavam no Barradão.

O bloqueio defensivo do Náutico estava funcionou bem. Tudo isso até os 48 minutos do segundo tempo. De fora da área, Daniel Júnior acertou um chute no ângulo de Vagner, que nem se mexeu. O gol que salvou o Vitória da derrota. O gol que tirou do Timbu a liderança do Grupo B do Nordestão.

Ficha técnica

Vitória 1

Muriel; Zeca, Camutanga, Wagner Leonardo e Lucas Esteves (Zé Hugo); Willian Oliveira (Rodrigo Andrade), Dudu (Caio Vinícius) e Matheusinho; Osvaldo (Luan), Mateus Gonçalves (Daniel Júnior) e Alerrandro. Técnico: Léo Condé.

Náutico 1

Vagner; Arnaldo (Luan), Joecio, Matheus Santos e Diego Matos; Lorran (Marcos Júnior), Marco Antônio e Patrick Allan (Rafael Vaz); Fernandinho (Danilo Belão), Kauan Santos e Evandro (Paulo Sérgio). Técnico: Allan Aal.

Local: Barradão (Salvador/BA)
Árbitro: Luciano da Silva Miranda Filho (CE). Assistentes: Renan Aguiar da Costa e Fernando da Silva Sousa (ambos do CE)
Gols: Evandro (aos 1 do 2ºT) e Daniel Júnior (aos 48 do 2ºT)
Cartões amarelos: Osvaldo, Rodrigo Andrade, Dudu (V); Matheus Santos, Kauan Santos, Marco Antônio, Diego Matos (N)

Nenhum comentário:

Postar um comentário