GIF Patrocinador

GIF Patrocinador

sábado, 24 de fevereiro de 2024

MARGINAIS IDENTIFICADOS

Polícia Civil tem identificação de alguns suspeitos envolvidos no crime contra o ônibus do Fortaleza

Delegado Renato Rocha, chefe da Polícia Civil de Pernambuco                                                                                                                                                                                                               - Foto: Walli Fontenele/Folha de Pernambuco


O delegado Renato Rocha- chefe da Polícia Civil-, não deu detalhes do quantitativo dos supostos participantes



Depois de iniciar as investigações sobre o atentado ao ônibus do Fortaleza, que aconteceu na última quarta-feira (21) após o duelo contra o Sport pela Copa do Nordeste, a Polícia Civil de Pernambuco informou que já identificou alguns suspeitos de ter praticado o ato de vandalismo

A informação partiu do delegado Renato Rocha- chefe da Polícia Civil-, após a reunião do Grupo de Trabalho do Futebol nesta sexta-feira (23). Entrentanto, não foi divulgado o número de suspeitos identificados até o momento. 

"Desde o primeiro momento que tivemos conhecimento do fato, a Polícia Civil vem trabalhando incessantemente. Já estamos com um prognóstico bom da investigação e acredito que vamos chegar aos responsáveis por esse ato. Já temos algumas pessoas identificadas. Eu gostaria de não falar [sobre números] para não atrapalhar. Não é apenas uma pessoa", afirmou Renato Rocha. 

As investigações do caso estão sob encargo da Delegacia de Polícia de Repressão à Intolerância Esportiva e foram iniciadas na última quinta-feira (22). Num primeiro momento, há a suspeita da participação de 80 a 100 pessoas no crime contra a delegação do Fortaleza. 

Ataque ao ônibus do Fortaleza 

Os atletas feridos foram goleiro João Ricardo, com um corte no supercílio, e o lateral-esquerdo Gonzalo Escobar, que sofreu uma pancada na cabeça, um corte na boca e um outro corte no supercílio. O lateral-direito Dudu, os zagueiros Titi e Brítez, e o volante Lucas Sasha também foram atingidos com estilhaços de vidro e tiverem que conter sangramentos. Todos passam bem e já receberam alta do hospital.


Por Raoni Nunes

Nenhum comentário:

Postar um comentário