GIF Patrocinador

GIF Patrocinador

terça-feira, 7 de maio de 2024

AJUDA PERNAMBUCANA

Pernambuco envia equipe e cães farejadores para ajudar o Rio Grande do Sul ainda esta semana

Para atuar nesta operação de resgate, os bombeiros receberam uma série de instruções e novas informações serão repassadas antes do envio (Foto: Priscilla Melo/DP)


Bombeiros e agente da Defesa Civil vão ajudar no resgate e distribuição de comidas e roupas

Diante das fortes chuvas que causaram enchentes em pelo menos 70% dos municípios do Rio Grande do Sul (RS) nos últimos dias, Pernambuco se junta a outros estados para enviar apoio às equipes de resgate. Ao todo, 25 homens vão partir até esta sexta-feira (10) ao lado de dois cães farejadores da raça labrador que vão auxiliar a equipe a encontrar pessoas desaparecidas nos escombros.

A equipe que será enviada por Pernambuco ao Rio Grande do Sul é composta por 21 bombeiros e quatro agentes de Defesa Civil, que são especialistas em gestão de desastres. Estes profissionais irão ajudar no resgate das vítimas distribuição de materiais, como alimentos, lençóis, toalhas e roupas. Pernambuco ainda enviará duas viaturas, dois botes infláveis e oito bombeiros militares, de acordo com o Consórcio Nordeste, grupo formado pelos nove estados nordestinos.

Além disso, a equipe da Defesa Civil está gerenciando, ao lado de outras secretarias estaduais, a doação de itens por parte dos pernambucanos.

A pretensão da Defesa Civil é divulgar a lista de materiais que podem ser doados pela população. Os itens serão coletados pelos quartéis do Corpo de Bombeiros da Região Metropolitana do Recife, do comando geral da Polícia Militar, no bairro do Derby, no Recife, e pelos quartéis de municípios como Vitória de Santo Antão, Gravatá, Caruaru, Pesqueira, Arcoverde e Petrolina.

“Nós vamos apoiar o estado que está sendo submetido a uma catástrofe sem precedentes e, ao mesmo tempo, nós não podemos esquecer que estamos no início da nossa quadra chuvosa. Nosso estado tem uma certa tradição em necessidade de atendimento à população. Portanto, nós fizemos esse levantamento muito detalhado e estamos destacando 21 bombeiros militares, prioritariamente do interior do estado. Nós estamos mantendo contato constante com o corpo de bombeiros militares do Rio Grande do Sul”, explica o comandante geral do Corpo de Bombeiros, Luciano Fonseca, que também lembra a importância do auxílio dado pela  Força Aérea Brasileira (FAB).

Para atuar nesta operação de resgate, os bombeiros receberam uma série de instruções e novas informações serão repassadas antes do envio. Ainda não foram definidos os municípios em que os profissionais vão atuar, uma vez que isto será determinado pelo governo do Rio Grande do Sul.

Os cães farejadores também possuem uma forte atuação em desastres como este e um animais enviados por Pernambuco já havia auxiliado no resgate de vítimas das enchentes que atingiram o Rio Grande do Sul em setembro de 2023.

“Esses cães estão certificados nacionalmente para atuar em situações de desastre, tanto deslizamento como desabamentos, busca de pessoas perdidas em mata e também restos mortais. Então toda a técnica e preparação dos cães é voltada para esses tipos de situações”, explica o segundo sargento do Corpo de Bombeiros, Adilson Luiz.

O anúncio de ajuda para o estado sulista já havia sido feito pelo Consórcio Nordeste no último sábado (4). Nesta segunda-feira (6), a governadora Raquel Lyra (PSDB) informou que Pernambuco também irá enviar recursos para o Rio Grande do Sul.

Estados de outras regiões também já se mobilizaram para resgatar pessoas e enviar recursos para o Rio Grande do Sul. De acordo com o governo do estado sulista, já foram enviados bombeiros de São Paulo (36), Paraná (33), Santa Catarina (30), Rio de Janeiro (27), Minas Gerais (26), Bahia (22), Goiás (21), Espírito Santo (10) e Mato Grosso (4).

O Rio Grande do Sul já registra 56 mortes devido às fortes chuvas que atingem o estado desde o início da semana. De acordo com boletim da Defesa Civil, 281 municípios foram afetados deixando 8.296 pessoas em abrigos e 24.666 cidadãos desalojados. O número de desaparecidos chega a 67. Há ainda 74 feridos.

Prefeitura do Recife também se mobiliza para ajudar vítimas

A Prefeitura do Recife irá destinar 500 colchões, 500 kits de higiene pessoal e 500 kits de limpeza aos desabrigados em Porto Alegre. De acordo com João Campos (PSB), os itens estavam no estoque da prefeitura municipal e serão repostos de imediato.

Em sua rede social X (antigo Twitter), João Campos afirma que entrou em contato com o prefeito de Porto Alegre e colocou o Recife “à disposição para ajudar naquilo que for necessário”. Ainda em seu posicionamento, ele agradeceu à Azul Linhas Aéreas, que fará o transporte do material de forma gratuita.

Por: Adelmo Lucena

Nenhum comentário:

Postar um comentário