GIF Patrocinador

GIF Patrocinador

segunda-feira, 13 de maio de 2024

COMBATE AO CRIME

Suspeito de tráfico de armas é preso com fuzis e centenas de munições

Fuzis, pistola e munições foram apreendidos (Foto:PF)


Segundo PF, home integra quadrilha que teve quase duas toneladas de cocaína apreendidas na Bahia
Equipes da Polícia Federal de Pernambuco e da Bahia prenderam um suspeito de tráfico de armas, no interior pernambucano.  

Segundo a PF em Pernambuco, o homem foi flagrado com fuzis, pistola e centenas de munições,  em Vitória de Santo Antão, na Zona da Mata pernambucana.  

A operação aconteceu na sexta (10) e  foi divulgada, por meio de nota divulgada nesta segunda (13).  

O preso é um motorista do Rio de janeiro, de 25 anos, que morava em Salvador (BA). 
 
A prisão foi efetuada após a troca de informações de policiais federais da Bahia com policiais militares do Bope de Pernambuco. 
 
Havia uma informação de que "um possível traficante de armas estaria em Vitoria de Santo Antão, com vários fuzis e munições".
Então, foi montada uma operação policial pelo Bope de Pernambuco para identificar e prender o possível transportador de armas e drogas para integrantes de facções criminosas da Bahia. 

O homem foi achado em São Severino, quando estava tentando sair em um Gol branco.
 
Ele foi flagrado com uma pistola ponto 40 carregada com 11  munições.
 
Na casa dele, em um buraco feito num dos quartos, foram encontrados mais dois fuzis calibre 556, além de mais de 100  munições  de calibres 556 e ponto 45.
 
O suspeito recebeu voz de prisão em flagrante e levado para Polícia Federal no Recife.
 
Ele acabou sendo autuado por portar, adquirir, fornecer, receber, ter em depósito, transportar, manter sob sua guarda, arma de fogo, acessório ou munição de uso restrito, sem autorização e em desacordo com determinação legal ou regulamentar e associação criminosa. 
 
Caso seja condenado, poderá pegar penas que variam de 3 a 10 anos de reclusão. 
 
Além da pistola e dos fuzis também foram apreendidos quatro celulares, um notebook e o carro.
 
Interrogatório
 
Segundo a PF, no interrogatório, o homem, que não teve o nome divulgado, informou quer "já foi militar da Marinha, na Bahia".
 
Disse, ainda, que "recebeu uma proposta para guardar uma caixa lacrada sem saber o que havia dentro dela e que por esse serviço ganharia R$ 5 mil, sem dar maiores detalhes da pessoa que o havia contactado". 
 
Quadrilha

O preso é suspeito de integrar uma quadrilha de traficantes de drogas e armas que, na quinta (9), resultou na abordagem e apreensão de embarcação que transportava cerca de 1,8 toneladas de cocaína.
 
A ação aconteceu na Baía de Aratu. A abordagem foi feita pela Lancha de Inspeção Naval Blindada “Caraúna”, com policiais federais e civis, além de fuzileiros navais. 
 
A droga oculta no interior da embarcação estava acondicionada em embalagens apropriadas para travessia marítima, o que indica que faria a travessia do Oceano Atlântico.

DP

Nenhum comentário:

Postar um comentário