GIF Patrocinador

GIF Patrocinador

sábado, 4 de maio de 2024

FINALMENTE A PRISÃO

Justiça de SP manda prender motorista do Porsche

Foto: Reprodução/TV Globo



O Tribunal de Justiça de São Paulo determinou nesta sexta -feira (03) a prisão preventiva de Fernando Sastre de Andrade Filho, o motorista do Porsche envolvido em um acidente de trânsito que resultou na morte de uma pessoa e deixou outra ferida no mês passado, na Zona Leste de São Paulo.

O Ministério Público (MP) recorreu ao TJ após a Justiça negar o terceiro pedido de prisão feito pela Polícia Civil. O desembargador João Augusto Garcia concedeu a liminar solicitada pelo MP, decretando a prisão preventiva de Fernando Sastre Filho. O magistrado expedirá o mandado de prisão.

O advogado Elizeu Camargo, representante de Fernando Sastre Filho, afirmou que entrará com habeas corpus no Superior Tribunal de Justiça nas próximas horas. O desembargador revogou as medidas cautelares que suspendiam a carteira de motorista e a proibição de se aproximar das testemunhas do caso, mantendo apenas o pagamento de fiança de R$ 500 mil, caso haja necessidade de indenização à família da vítima. 

O acidente ocorreu quando Fernando, conduzindo o carro de luxo, colidiu a 114,8 km/h na traseira do Sandero dirigido pelo motorista de aplicativo Ornaldo da Silva Viana em 31 de março, na Avenida Salim Farah Maluf. O limite de velocidade para a via é de 50 km/h, conforme laudo da Polícia Técnico-Científica, que analisou as imagens das câmeras de segurança.

Ornaldo faleceu em decorrência da colisão, enquanto o estudante de medicina Marcus Vinicius Machado Rocha, amigo de Fernando e passageiro no Porsche, ficou gravemente ferido. Na última terça-feira (30), o juiz Roberto Zanichelli Cintra, da 1ª Vara do Júri, primeira instância da Justiça, negou o pedido da promotora Monique Ratton para a prisão preventiva do empresário Fernando Sastre de Andrade Filho.


Por Terra Brasil Notícias

Nenhum comentário:

Postar um comentário