GIF Patrocinador

GIF Patrocinador

quarta-feira, 8 de maio de 2024

MORADIA

Morar Bem: habitacional será construído em terreno do edifício Frei Caneca

De acordo com a gestão estadual, o habitacional será erguido na área disponível nos arredores do Edifício Frei Caneca, antiga sede da vice-governadoria do Estado (Foto: Hesíodo Goés/Secom)


Edificação no espaço onde funcionava a vice-governadoria é solução de moradia para população que vive em situação de vulnerabilidade nas palafitas sobre canal de Santo Amaro

Um habitacional de interesse social será construído no terreno do Edifício Frei Caneca e destinado a moradores da comunidade de Santa Terezinha, no bairro de Santo Amaro, no Recife. O anúncio foi feito nesta terça-feira (7) pela governadora Raquel Lyra (PSDB).

No local, funcionava a vice-governadoria do Estado, que será revertida em moradia para pessoas em situação de vulnerabilidade econômica. A iniciativa faz parte das ações do Morar Bem Pernambuco, primeiro programa de habitação do Estado. 

De acordo com a gestão estadual, o habitacional será erguido na área disponível nos arredores do Edifício Frei Caneca, antiga sede da vice-governadoria do Estado, localizado na Avenida Cruz Cabugá, no bairro de Santo Amaro. O objetivo é que o prédio histórico, construído em 1967, seja utilizado futuramente como creche e outros equipamentos comunitários.

Serão 48 famílias beneficiadas na primeira fase do projeto, que tem um orçamento estimado de R$ 6,7 milhões, oriundos do Governo do Estado. As famílias que receberão uma nova moradia já estão cadastradas no programa.

As obras serão feitas em um espaço de 11,4 mil metros quadrados e contemplará a edificação de três blocos habitacionais, que vão abrigar 48 apartamentos, distribuídos em térreo e três pavimentos superiores, com 16 unidades em cada bloco.

"A comunidade de Santa Terezinha tem uma história de resiliência e viemos aqui, junto com os moradores, para anunciar essa boa notícia, que é a construção do habitacional para as famílias que hoje vivem em situação de vulnerabilidade. Essa foi uma solução que construímos junto com a população, ouvindo e testemunhando o que ela vem sofrendo há anos. E, agora, essa realidade muda com o acesso à casa própria e uma moradia digna", destacou Raquel Lyra.

"Nós já realizamos o cadastramento para garantir que os beneficiários são, efetivamente, as pessoas que moram aqui. Com recursos do Governo do Estado, por meio do Programa Morar Bem Pernambuco, estamos garantindo a essas famílias um lugar para viver, que vai contar com equipamentos públicos que os moradores possam usufruir da melhor maneira", destacou a secretária de Desenvolvimento Urbano e Habitação, Simone Nunes.

Morando há 12 anos na comunidade, Edna Maria de Santana, 61, comemorou a iniciativa. "Desde 2012 estamos na luta e hoje meu sentimento é de alegria e gratidão. Agora sei que vou sair daqui para um lar, minha casa própria, com a certeza que não vou mais ter a casa inundada por água. Será outra realidade", disse.

Para André Torres, membro do movimento Resiste Santo Amaro, essa é a realização de uma necessidade antiga da população do local. "Agradeço à sensibilidade do Governo do Estado, pois essa não é apenas uma questão de moradia, mas de garantia de Direitos Humanos. Após muitas audiências com o Ministério Público de Pernambuco, conseguimos levar a questão ao Estado, que prontamente trouxe a solução", comentou.

Por: Adelmo Lucena

Nenhum comentário:

Postar um comentário